Chikungunya – O que é, sintomas, transmissão, tratamento, sequelas e quanto tempo dura

A chikungunya é uma doença transmitida pelo mesmo mosquito da dengue.

A febre chikungunya é uma doença que assemelha-se à dengue, porém, possui algumas diferenças significativas. A febre é causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae.

De acordo com o Boletim Epidemiológico de fevereiro de 2020, do Ministério da Saúde, houve um aumento alarmante dos casos de dengue, zika e chikungunya nas primeiras sete semanas do ano. O período de verão com altas temperaturas e incidência de chuvas pelo país contribuiu para quase 6 mil casos notificados da febre chikungunya.

A doença teve seu vírus isolado pela primeira vez em 1950, na Tanzânia. No dialeto Makonde da Tanzânia, a palavra pode ser traduzida para aqueles que se dobram. Apesar de ser pouco letal, a febre é limitante, fazendo o infectado andar curvado.

Sintomas da chikungunya

Os sintomas da chikungunya são febre, mal-estar, cansaço, apatia, dor de cabeça e dores no corpo. Além disso, o acometimento das articulações ganha destaque, uma vez que o vírus avança nas juntas do paciente, causando inchaço, dor, vermelhidão e calor no local.

Transmissão da chikungunya

Aedes Aegypti
Aedes aegypti

O contágio do vírus CHIKV é feito por meio do mosquito Aedes aegypti ou, menos comumente, o Aedes albopictus. Sete dias após picar uma pessoa contaminada com o vírus, o mosquito pode transportá-lo para o resto da vida e, assim, o transmitir para uma população que não possui anticorpos contra o CHIKV. Por essa razão, o melhor combate é evitar a procriação do vetor em água parada.

A transmissão da febre chikungunya raramente ocorre em temperaturas abaixo de 16°C. A temperatura mais propícia gira em torno de 30° a 32° C, desenvolvendo-se em áreas tropicais e subtropicais.

Tratamento da chikungunya

O período de incubação do vírus é de 4 a 7 dias. Após isso, há casos em que os infectados não apresentam sintomas. Contudo, caso a doença se manifeste, o tratamento é feito para combater os sintomas, uma vez que não há remédio específico para enfrentar o vírus.

Repouso e ingestão de líquidos são as medidas mais indicadas, porém, o médico avalia se é necessário prescrever anti-inflamatório, antitérmico e analgésico.

A automedicação é contra indicada, visto que, apesar de incomum a ocorrência de manifestações hemorrágicas, remédios com ácido acetilsalicílico na fórmula podem causar complicações sérias.

Sequelas da chikungunya

O vírus CHIKV pode causar complicações no longo prazo, como inflamações nas articulações, que causam dores fortes, inchaço e limitação do movimento. Esses sintomas são parecidos com os da artrite reumatoide.

Quanto tempo dura o vírus da chikungunya?

O período de infecção do vírus e manifestação de sintomas pode variar entre um a 12 dias, porém, o mais comum é entre três a sete dias. Assim, o vírus circula no sangue a partir do segundo dia após o início dos sintomas e dez dias depois da normalização do organismo. Durante esse tempo, o vírus pode ser transmitido por meio da picada do vetor.

Leia também:

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More