Como fazer um fichamento – Confira dicas para utilizar esta técnica de estudos

Método é bastante utilizado para registrar a leitura de textos, livros e artigos de forma funcional e eficiente.

0

O fichamento, como o próprio nome indica, é um registro em forma de ficha, utilizado para resumir as ideias e pontos principais de um texto, livro ou artigo.

Trata-se de um método de organização bastante funcional e eficiente para os estudos e redação de trabalhos.

Para fazer o fichamento de um texto, é necessário interpretar seu conteúdo e reescrevê-lo conforme o que foi compreendido. Assim, é possível organizar tudo o que foi lido e até estabelecer relações entre seus principais temas.

O fichamento também pode conter a transcrição de trechos originais do texto. Neste caso, a ferramenta é bastante útil para estudantes que estão desenvolvendo artigos ou o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), uma vez que facilita a consulta às citações a serem inseridas no projeto.

Confira a seguir quais são os tipos de fichamento e algumas dicas para produzir esse material e organizar seus estudos.

Tipos de fichamento

  • Fichamento de resumo — Consiste no registro do texto conforme a interpretação do estudante. Nesse tipo de fichamento, anotam-se as ideias principais, os temas secundários, justificativas, argumentos e comentários pessoais relativos à leitura.
  • Fichamento de citações — Também conhecido como temático, esse tipo de fichamento contém a transcrição dos trechos extraídos do material lido. Neste caso, é necessário referenciar a fonte e citar a página de onde a citação foi retirada.
  • Fichamento bibliográfico — É uma mistura dos dois tipos de fichamento mencionados acima. Neste modelo, a escrita também é mais pessoal para descrever e resumir o conteúdo. Entretanto, é necessário referenciar a informação corretamente, para indicar onde elas podem ser encontradas no texto que foi lido.

Dicas de como fazer um fichamento

Ao longo da nossa vida escolar e acadêmica, precisamos ler uma grande quantidade de materiais para adquirir o conhecimento necessário.

Desta forma, nem sempre o que foi aprendido com essas leituras será facilmente memorizado, então, surge a necessidade de fazer um registro para consultas futuras.

Confira algumas dicas de como fazer um fichamento:

1 — Leia tudo antes de fazer o fichamento.

Destaque os pontos centrais do texto durante a leitura e só depois faça o registro das informações resumidamente.

2 — Escolha o tipo de fichamento que melhor atende às suas necessidades.

Se você precisa produzir um texto e relacionar os temas lidos para comprovar uma ideia ou comparar a opinião dos autores, o fichamento de resumo e o bibliográfico podem ser mais indicados.

Já se você pretende mencionar diretamente o que foi lido, o fichamento de citações é mais adequado.

3 — Não existe um limite de tópicos.

O importante é que você consiga sintetizar as informações de forma clara e objetiva, para que você consiga ter acesso fácil quando consultá-las posteriormente.

4 — Siga as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Assim como em todas as produções acadêmicas, há também um modelo específico para fichamentos. A estrutura indicada pela ABNT é: Cabeçalho – Assunto – Referência – Conteúdo.

5 — Use fichas complementares para adicionar outras referências.

Se você já leu algo relacionado ao tema em livros de outros autores ou assistiu a algum filme sobre o assunto, por exemplo, escreva essa informação em uma nota anexa ao fichamento.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.