Na ponta do lápis – Como montar o cronograma ideal para estudar em casa?

O cronograma de estudos deve considerar a rotina, os objetivos, o conteúdo programático a ser estudado, além de reservar um tempo para o descanso e o lazer.

0

O conhecimento é aquilo que ninguém tira de você. Provavelmente você já tenha escutado essa frase, no entanto, mais do que ouvir, é importante colocar em prática, visando o objetivo do autodesenvolvimento.

Estudar para a prova, vestibular, Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), concurso ou até mesmo um curso livre (idiomas, artes, gastronomia, música, etc.) exige um planejamento prévio. Para isso, é preciso um cronograma com horários dos estudos e matérias.

Com disciplina, os estudos passam a ser um hábito e o aprendizado um processo menos doloroso. Inclusive, muitos especialistas da educação consideram a elaboração do cronograma de estudos o pontapé inicial para a aprendizagem.

Existe um método específico e correto? Não. Só você vai saber quais disciplinas e áreas priorizar e quanto tempo dedicar a cada matéria, além dos horários em que o seu desempenho é melhor.

Nós, do Escola Educação, podemos te ajudar com algumas dicas sobre como montar o cronograma ideal para estudar em casa. Confira a seguir!

1. Analise a sua rotina

Antes de começar a escrever o seu cronograma, seja no papel, aplicativo no celular ou até mesmo em uma tabela no computador, rabisque as suas atividades diárias para ter noção da sua rotina e o tempo disponível.

2. Estabeleça os seus objetivos com os estudos

O cronograma deve considerar o que você objetiva alcançar com os estudos.

Seria a aprovação no Enem? Se for, é necessário dividir as matérias que precisam ser estudadas conforme a quantidade de dias e meses até a data da prova.

3. Delimite os horários para estudar

Voltamos para o item 1 da lista. Só você irá saber quais os horários disponíveis para estudar, isso depois de ter que estudar, trabalhar e até mesmo cuidar da casa.

Preencha tudo com o horário de início e término, seguindo criteriosamente como na escola.

4. Tenha o seu cantinho de estudos

Um ambiente para estudo aconchegante e confortável é outro ponto importante para não perder o foco, ter dor nas costas e cansar com a rotina dos estudos.

5. Selecione um método de estudos

Outra coisa que não há uma fórmula secreta é a metodologia de estudos.

Algumas pessoas aprendem vendo vídeos, outras lendo, há também aquelas que precisam reescrever o que entendeu. Portanto, o método ideal será você quem irá definir, talvez até por tentativas e erros.

6. Considere imprevistos

Todo ser humano é passível de adoecer e ter que sair de casa para ir ao médico, não estar bem psicologicamente em um dia, ou até mesmo acabar a energia e a água de casa.

São muitas as variáveis que podem ocorrer, portanto, leve-as em consideração ao criar o seu cronograma.

7. Reserve tempo para o descanso

Se engana aquele que pensa que a vida do estudante deve ser apenas com a cara nos livros. Muito pelo contrário, até para o cérebro oxigenar e novas ideias surgirem é preciso dar lugar ao descanso e o lazer.

Separe um dia para não fazer nada, ou melhor, fazer muito. Vá jogar bola, assistir séries e filmes, tocar violão, soltar pipa ou até mesmo apenas dormir.

Agora, mão na massa! Vá criar o seu cronograma de estudos e aproveite todo o conteúdo legal disposto aqui no Escola Educação para conseguir a sua tão sonhada aprovação!

Você pode gostar também de:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.