Complemento nominal

O complemento nominal é um termo que completa o sentido de uma palavra. Confira agora exemplos de frases e ainda a diferença para adjunto adnominal.

0

Você sabe o que é complemento nominal? O complemento nominal consiste em um termo que completa o sentido de uma palavra, seja um adjetivo, advérbio ou substantivo abstrato. Esse acréscimo geralmente é precedido por uma preposição (de, a, com, em, por, entre outras).

Para entender melhor, basta pensar que algumas palavras, se sozinhas, possuem sentido incompleto. Dessa forma, existe a necessidade de completar o sentido. Por exemplo: A Maria gosta / de doce.

Na frase acima, não se encontra sentido em “A Maria gosta”. Por isso, é preciso um complemento, que é “de doce”. Como dito anteriormente, o complemento nominal é precedido por uma preposição, no caso, “de”.

Complemento nominal: exemplos

Confira abaixo exemplos de complemento nominal:

  • Pronome: Ela conhecia o passado dele;
  • Numeral: O chocolate alegrou o dia dos quatro;
  • Substantivo: Eu precisava de uma palavra amiga.

Complemento nominal ou adjunto adnominal?

PUBLICIDADE

Apesar de serem semelhantes, é muito importante entender a diferença entre complemento nominal e adjunto adnominal. O primeiro complementa o sentido de um nome, enquanto o outro é um “termo assessório”, ou seja, caracteriza ou determina um substantivo.

Entenda a diferença:

  • Amo andar de bicicleta (Complemento nominal);
  • Não ganhei nenhum presente de aniversário (Adjunto adnominal).

Além disso, quando o sentido é passivo é complemento nominal. Caso tenha o sentido ativo, é considerado adjunto adnominal. Confira os exemplos abaixo:

  • Amor à mãe (Sentido passivo, complemento nominal);
  • Amor de mãe (Sentido ativo, adjunto adnominal).

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.