Veja os sinais mais comuns que podem identificar que você está com depressão

Alterações no humor e no sono são os principais sintomas da depressão. Confira outros sinais que podem indicar o quadro.

A depressão é uma doença silenciosa que age de maneira sorrateira. Geralmente os sintomas começam sem que a pessoa perceba, mas logo se torna um quadro difícil de esconder. Assim como as demais doenças, o diagnóstico precoce da depressão pode fazer com que seja mais fácil revertê-la. Nesse sentido, identificar os sinais da depressão o quanto antes pode ser a ajuda que muita gente precisa para não ter que passar por esse momento doloroso. Confira quais são eles.

Leia mais: Descubra como a sua alimentação pode prevenir doenças como depressão

Alterações no sono 

Uma das primeiras mudanças que alguém observa quando se encontra em depressão é a mudança nos hábitos de sono. Por exemplo, algumas pessoas, no começo da doença, dormem menos do que anteriormente, ao passo que outras dormem mais. Entretanto, deve-se atentar ao fato de que não são mudanças imperceptíveis, mas sim bruscas.

Assim, alguns depressivos passam a não dormir por noites seguidas. Já outros ficam o dia inteiro na cama, sem conseguir se levantar para fazer nada. Em ambos os casos, será necessário recorrer aos médicos para fazer a regulação tanto do quadro depressivo quanto da insônia. Inclusive, dormir bem pode influenciar positivamente no tratamento da doença.

Desânimo

Quando alguém se encontra em depressão, não consegue achar uma razão para fazer todas as atividades do dia-a-dia. Dessa forma, tarefas como tomar banho, ir trabalhar ou arrumar a casa se tornam irrelevantes. Como consequência, os doentes param de fazer essas atividades e começam a acumular ocupações.

Por isso, pode ser que as notas de uma pessoa depressiva diminuam repentinamente, bem como o desempenho no trabalho. Essas situações fazem com que o doente se sinta mais inquieto, piorando a situação. Nos casos mais extremos, pessoas depressivas podem ser afastadas do trabalho pelo INSS.

Tristeza insistente

Tristezas são comuns em nossas vidas, pois somos humanos e estamos sujeitos a esse sentimento. Mas no caso de alguém com depressão, o quadro é muito mais intenso e insistente, sem haver associação com um fato específico. Ou seja, enquanto pessoas saudáveis ficam melancólicas mediante uma notícia ou fato triste, aqueles que têm depressão não costumam encontrar motivos para a sua tristeza e, portanto, esse sentimento não passa rapidamente. Pelo contrário, nos quadros de depressão a tristeza pode durar por semanas e incomodar bastante. Para o alívio desse sintoma, o uso de medicamentos é necessário, logo após a consulta médica.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More