Cotas Raciais: o que pensam os brasileiros

Instituto Datafolha aponta que 50% da população brasileira tem uma opinião favorável em relação às cotas raciais em universidades públicas federais.

No último domingo (12) foi divulgada pesquisa, conduzida pelo Instituto Datafolha, que aponta que cinquenta por cento da população brasileira tem uma opinião favorável em relação às cotas raciais nas universidades públicas federais.

Os outros cinquenta por centro são compostos por 34% que não são favoráveis às cotas, 3% responderam serem indiferentes e os 12% restantes não souberam responder.

Entre os entrevistados, o público que se mostrou favorável às cotas é composto por brasileiros mais jovens, escolarizados e que possuem rendimentos maiores. A opinião favorável também é massivamente encontrada entre a população preta, que alcançou os 53%, e a população branca, que alcançou 50%.

Aqueles que têm filhos que estudam em escolas particulares possuem uma aprovação de 60% em relação às cotas, famílias estas que não podem usufruir da política pública.

Entre o público cujos filhos se encontram matriculados em escolas públicas é encontrada a maior ausência sobre a questão: 11% desse grupo disse que não consegue opinar sobre essa questão, contra 3% do outro grupo.

A pesquisa entrevistou 2090 pessoas maiores de 16 anos, em 130 municípios espalhados por todo o território brasileiro, entre os dias 8 e 14 de março, e contou com uma margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A Lei de Cotas foi sancionada no ano de 2021, criada pelo então governo federal para impactar positivamente aqueles estudantes de escolas públicas, de baixa renda, negros, pardos, indígenas e pessoas com deficiência, contribuindo para o ingresso dessa parcela de pessoas no ensino superior.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More