Quarentena mundial – Aulas interrompidas, fronteiras e estabelecimentos fechados em diversos países do mundo

O coronavírus é motivo de aflição mundial, já que está causando muitas mortes. Com isso, países de todo o mundo tomam medidas de emergência. Confira!

0

Após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar pandemia de coronavírus, o mundo todo amplificou suas preocupações com o avanço do Covid-19.

Somado a isso, o número de casos confirmados nos países aumentaram, mostrando o risco de fácil transmissão da doença.

Diante disso, os órgãos públicos se mantêm alertas e anunciam medidas de precaução para conter o avanço do Covid-19. As entidades responsáveis por educação, saúde, turismo já declararam critérios e providências para reduzir o risco de transmissão do vírus.

As medidas não foram tomadas apenas em países onde há casos graves ou exista grande concentração de casos confirmados. Assim, todo o mundo está em alerta e cautela em relação a pandemia de Covid-19.

Em diversos países do mundo, as escolas e universidades tiveram as aulas interrompidas, voos cancelados e as fronteiras fechadas para estrangeiros.

Entretanto, as providências mais graves e drásticas foram tomadas na Europa, onde alguns países fecharam suas fronteiras com países vizinhos e decretaram isolamento da população.

Medidas tomadas na Europa

A Espanha se encontra em uma cenário delicado, sendo o segundo país com maior número de casos da Europa. Com isso, o governo espanhol decretou situação de emergência no país. As principais medidas tomadas foram a proibição de deslocamentos dentro do país, decretando quarentena nacional.

Portugal determinou proibição de turistas espanhóis entrarem no país. Na França, onde o número de casos está aumentando, o governo declarou o fechamento de estabelecimentos como restaurantes, bares, lojas e cinemas. Além disso, as aulas das escolas foram obrigatoriamente interrompidas para evitar a transmissão entre as crianças e jovens, a partir do dia 16 de março.

A Polônia decidiu fechar a fronteira e anular a possibilidade de trânsito de pessoas entre a fronteira com a Alemanha. Após isso, a Alemanha seguiu o mesmo exemplo e fechou as fronteiras com França, a Áustria, a Suíça e a Dinamarca.

Medidas tomadas na América Latina

Com o objetivo de restringir e evitar a possibilidade de aumento no número de casos, diversos países da América Latina seguem os exemplos adotados na Europa.

O Peru determinou a proibição de partida e a chegada de todos voos internacionais, com absoluta restrição de qualquer estrangeiro entrar no país por 15 dias. Além disso, o presidente Martín Vizcarra anunciou estado de isolamento obrigatório para a população no mesmo período.

Além disso, a Argentina também declarou que irá manter a proibição da entrada de estrangeiros no país pelos próximos 15 dias.

Diante desse cenário, todas essas medidas foram tomadas visando o bloqueio da transmissão do vírus em cada país. Assim, é facilitado o controle desse problema mundial causado pelo coronavírus.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.