Gato-de-bengala

Conheça o gato-de-bengala, a raça semelhante a um leopardo que foi criada a partir do cruzamento de gato doméstico e gato selvagem asiático.

0

O gato-de-bengala, ou simplesmente bengal, é uma raça híbrida criada a partir do cruzamento de gato doméstico e gato selvagem asiático. Seu nome deriva do nome científico “pai selvagem”, o leopardo asiático. O primeiro cruzamento surgiu em 1963. Mas, só foi oficializado em 1985.

Essa raça, que possui a pelagem semelhante a de um leopardo, é considerada dócil e gentil. Além de ser companheira e ao mesmo tempo independente. O gato-de-bengala é visto como muito bonito e exótico.

Apesar disso, esse gato não é aceito pela Associação dos Criadores de Gatos. Isso acontece porque a raça contém sangue selvagem. Além disso, não pode ser vendida nos Estados Unidos.

Especificações do gato-de-bengala

O gato-de-bengala possui de 35 a 45 cm. Seu peso varia de 5 a 9 kg. Além disso, o pelo é curto, muito macio e lembra da pelagem de um leopardo. Geralmente, seus pelos são marrons, gelo e mármore. Essas cores ainda podem ser mescladas, o que contribui ainda mais para a aparência selvagem.

Saúde

O gato-de-bengala é muito propenso a doenças, principalmente por ser um cruzamento entre gato doméstico e gato selvagem. Um dos problemas de saúde que costumam afetar essa raça, é a displasia coxofemoral. Essa doença afeta o quadril e provoca profundas dores e problemas para locomoção.

Além dessa, a degeneração da visão também é muito comum, assim como luxação da patela (causada pela má-formação hereditária ou por algum trauma). Ainda mais, a cardiomiopatia hipertrófica (doença no coração que é mais comum no gato-de-bengala) e neuropatia distal (distúrbio no sistema nervoso.).

Características comportamentais do gato-de-bengala

A princípio, esses gatos tinham o temperamento considerado forte. Isso principalmente pela genética selvagem. Mas, após várias gerações, a raça se tornou mais dócil, permanecendo, então, a genética doméstica.

Hoje, são muito amáveis e companheiros. Além disso, são extremamente inteligentes e companheiros dos donos, mesmo independentes. Por possuírem uma herança selvagem, a raça não é considerada muito obediente.

Os gatos-de-bengala ainda são excelentes caçadores e atletas ágeis. Ainda mais, possuem o reflexo rápido, que os permite aprender rápido.

Cuidados com o gato-de-bengala

Um cuidado a ser tomado com a raça, é o espírito aventureiro. É muito comum um gato-de-bengala tentar se desafiar a subir em uma árvore, ou em locais considerados mais perigosos. Isso vem de sua natureza selvagem.

Os bengals também costumam querer alcançar os objetos dentro de casa, causando bagunças indesejadas. Para os distrair, ofereça brinquedos e sempre fique atento. Caso esteja destruindo a casa, será necessário muita paciência para ensinar e descobrir os motivos da ansiedade.

Além disso, é necessário os cuidados básicos para gatos, como alimentação, saúde, limpeza das orelhas (de preferência, por um profissional) e cuidados com os pelos para não virarem bolas de pelo.

Apesar de possuir um forte temperamento, os gatos-de-bengala são muito amorosos e ainda conseguem se adaptar à família com muita facilidade.

Veja também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.