Herança ligada ao sexo

A herança ligada ao sexo ocorre quando os cromossomos sexuais determinam características.

0

A herança ligada ao sexo é o nome dado as características herdadas através dos cromossomos sexuais.

Geralmente, o cromossomo sexual masculino, representado pela letra Y, carrega menos informações que o cromossomo sexual feminino, representado pela letra X.

Esses dois cromossomos, X e Y, possuem poucas regiões homólogas, por isso, existe pouca recombinação gênica entre eles.

O cromossomo X possui genes alelos que correspondem no cromossomo Y, esses genes alelos seguem o padrão de herança ligada ao sexo que pode ser:

  • Herança ligada apenas ao cromossomo X;
  • Herança restrita ao sexo masculino;
  • Herança influenciada pelo sexo.

Herança ligada ao cromossomo X

A herança ligada ao cromossomo X ocorre quando o gene alterado está no cromossomo X. Essa herança tem origem materna e padrão recessivo.

Todos os humanos possuem pelo menos um cromossomo X porque herdam-no da mãe. Sendo assim, os homens são XY e as mulheres são XX.

Como os homens apresentam apenas um cromossomo X, todos irão apresentar as características determinadas por ele, mesmo estando em heterozigose, pois não apresentam nenhum outro gene para aquela característica.

Herança restrita ao sexo masculino

A herança restrita ao sexo corresponde a genes localizados no cromossomo Y, chamados de genes holândricos, que são herdados do pai e estão presentes apenas nos filhos homens.

O gene holândrico SRY é responsável pela diferenciação de testículos nos embriões de mamíferos.

A presença de pelos grossos e longos nas orelhas também é um tipo de herança restrita ao sexo masculino, chamada de hipertricose.

Herança influenciada pelo sexo

A herança influenciada pelo sexo acontece quando genes se expressam em ambos os sexos, entretanto, comportam-se de maneira distinta em homens e mulheres.

O gene da calvície é influenciado pelo sexo, mulheres também podem apresentar essa característica, no entanto, ela está muito mais presente entre os homens.

Isso ocorre porque esse gene é dominante nos homens e recessivo nas mulheres, ou seja, para que uma mulher seja calva, ela precisa ser homozigota recessiva para esse gene.

Doenças relacionadas ao cromossomo sexual

Daltonismo

O daltonismo é caracterizado pela incapacidade do indivíduo de distinguir cores vermelha e verde, ocorre em 8% dos homens e apenas 0,04% nas mulheres.

Isso acontece porque essa é uma herança ligada ao cromossomo X, que é dominante nos homens e recessivo nas mulheres, o que implica dizer que uma mulher só será daltônica se seus dois progenitores forem portadores do alelo.

É por isso que existem muito mais homens daltônicos do que mulheres, já que essa característica necessita de apenas um alelo para se manifestar neles.

Hemofilia

A hemofilia é uma doença hereditária em que ocorre falha no sistema coagulante do sangue. As pessoas hemofílicas têm hemorragias graves mesmo em cortes superficiais.

Como a hemofilia também é ligada ao cromossomo X, ela é mais frequente em homens que mulheres.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.