Herbert Spencer

Conheça Herbert Spencer e sua teoria do darwinismo aplicada no contexto social. Saiba suas principais ideias, biografia, livros e frases.

Quem foi Herbert Spencer? Herbert Spencer foi um filósofo, psicólogo, sociólogo e naturista britânico. Através de suas leis evolucionistas para a filosofia e sociologia, ele ficou reconhecido como um dos maiores pensadores de seu tempo.

Suas ideias percorreram profundamente por todo o Ocidente, principalmente durante o século XIX e metade do século XX. Isso fez com que seus estudos fossem de grande importância para pensadores de diversas áreas.

Spencer acreditava que nenhuma religião era verdadeira. O sociólogo ainda acreditava que a religião era fortemente ligada à ciência. Para ele, todos os conhecimentos existentes conseguiriam se unificar na filosofia. Saiba mais sobre Herbert Spencer.

Biografia de Herbert Spencer

Herbert SpencerHerbert Spencer nasceu na Inglaterra no dia 27 de abril de 1820. Seu pai era um professor. Porém, o filósofo não frequentou a escola de forma regular e passou a ter aversão ao ensino tradicional.

Seu interesse pela filosofia e pela evolução natural passaram a existir. Mas, ao contrário de Darwin, seus estudos eram mais voltados para as questões sociais.

Inclusive, ele abordou o bem estar social e suas condições no ano de 1851 em seu livro “Estática Social”.

Em sua obra “Sistema de Filosofia Sintética”, ele ingressou os “Primeiros Princípios”. Além da evolução do universo. Existem outros volumes de suas obras que retratam os princípios da evolução biológica, psicológica e sociológica.

Herbert Spencer faleceu no dia 8 de dezembro de 1903, em Londres, Inglaterra.

Evolucionismo

Herbert Spencer estudou o darwinismo de uma forma social. Nisso, ele partia da ideia de que o o universo sempre está em evolução e consequentemente essa evolução seria a ordem necessária para o progresso.

Spencer tinha em vista que todas as transformações possuem algum motivo em comum e com isso é possível prever quando poderão acontecer novas transformações na sociedade. Mesmo que esta seja parcial.

Nisso, pode-se entender que toda ação causa uma reação, ou seja, qualquer causa produziria um efeito. O resultado disso seria outra modificação no quesito de uma sociedade. Após isso, outros efeitos seriam gerados e assim suscetivamente.

Ainda no contexto de sociedade, Herbert Spencer aplicou a lei do mais forte às estruturas sociais. Ele concluiu que a sociedade contribuiria para a supremacia de apenas um grupo, ou seja, não para apenas um indivíduo considerado mais forte prosperar.

Esse grupo seria então considerado o mais coeso e consequentemente seria a elite dirigente da civilização.

Livros de Herbert Spencer

Confira agora algumas obras do filósofo, sociólogo, psicólogo e naturista Herbert Spencer:

  • Estática Social (1851);
  • Educação Intelectual, moral e física (1860);
  • A Justiça (1891);
  • El Orgasmo Social (1900);
  • The principles of ethics (1884).

Frases de Herbert Spencer

Tempo é aquilo que o homem está sempre tentando matar, mas que no fim acaba matando-o.

A opinião é determinada, em última análise, pelos sentimentos e não pelo intelecto.

O culto dos heróis é mais forte onde a liberdade humana é menos respeitada.

Ninguém pode ser completamente livre até que todos o sejam.

A maioria das nossas satisfações vêm de fontes inesperadas.

Leia também: Antonio Gramsci – Biografia, resumo, frases, livros

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More