Madre Teresa de Calcutá

Madre Teresa de Calcutá é uma das figuras mais conhecidas do século XX, principalmente devido ao seu trabalho humanitário.

0

Madre Teresa de Calcutá era uma humanitária, isso significa que ela dedicou sua vida para ajudar outras pessoas. Toda a sua trajetória foi totalmente dedicada a ajudar os pobres, os doentes, os necessitados e os desamparados.

Foto de Madre Teresa
Foto de Madre Teresa

Madre Teresa nasceu em Uskub, Império Otomano, em 26 de agosto de 1910. Esta cidade é agora chamada Skopje e é a capital da República da Macedônia. Seu nome de nascimento era Agnes Gonxha Bojaxhiu. Seu pai morreu quando ela tinha oito anos e ela foi criada por sua mãe.

Agnes cresceu na Igreja Católica Romana e decidiu dedicar sua vida a Deus em tenra idade. Quando completou 18 anos, Agnes se juntou às Irmãs de Loreto para se tornar missionária na Índia. Antes de poder ir para a Índia, ela teve que aprender inglês. Ela passou um ano na Irlanda aprendendo a falar inglês no Loreto Abby.

Um ano depois, Agnes começou seu trabalho missionário em Darjeeling, na Índia. Ela aprendeu a língua local, bengali, e ensinou na escola local. Em 1931, ela fez seus votos como freira e escolheu o nome Teresa. Ela ensinou por muitos anos na Índia, tornando-se diretora de uma escola no leste de Calcutá.

Contribuição

Quando ela tinha 36 anos, Madre Teresa sentiu o chamado de Deus para ajudar os pobres da Índia. Ela recebeu um treinamento médico básico e, em seguida, partiu para ajudar os doentes e necessitados.

Esta não foi uma tarefa fácil em 1948. Ela tinha muito pouco apoio e, ao tentar alimentar e ajudar os mais pobres dos pobres, ela mesmo estava constantemente com fome e até teve que implorar por comida.

Missionários da Caridade

Em 1950, Madre Teresa formou um grupo dentro da Igreja Católica chamado Missionários da Caridade. Ela descreveu o propósito dos Missionários da Caridade como uma organização que cuidaria “dos famintos, os nus, os sem-teto, os aleijados, os cegos, os leprosos, todas aquelas pessoas que se sentem indesejadas, desprezadas, negligenciadas em toda a sociedade, pessoas que se tornaram um fardo para a sociedade e são evitadas por todos”.

Quando ela começou os Missionários da Caridade, haviam apenas 13 membros. Hoje, o grupo tem mais de 4.000 membros que se preocupam com pessoas de todo o mundo. Não foi uma tarefa fácil construir essa organização e manter o foco nas pessoas mais pobres. Ela trabalhou quase até a sua morte, em 5 de setembro de 1997.

Curiosidades

  • Madre Teresa foi beatificada pela Igreja Católica. Este é um passo no caminho para se tornar um santo. Ela agora é chamada de Beata Teresa de Calcutá.
  • Ela nunca mais viu sua mãe ou irmã depois de sair de casa para se tornar missionária.
  • O aeroporto internacional da Albânia tem o seu nome, o Aeroporti Nene Tereza.
  • Ela recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1979. Em vez de ter o tradicional banquete de honra do Nobel, ela pediu que o dinheiro do banquete fosse doado aos pobres da Índia.
  • Ela viajou para uma zona de guerra para resgatar 37 crianças das linhas de frente.
  • Ela recebeu inúmeros prêmios por todo o seu trabalho de caridade, incluindo a Medalha Presidencial da Liberdade do presidente Ronald Reagan.
  • Demora cerca de 9 anos de serviço para se tornar um membro pleno dos Missionários da Caridade.

Frases de Madre Teresa de Calcutá

  • “O senhor não daria banho a um leproso nem por um milhão de dólares? Eu também não. Só por amor se pode dar banho a um leproso.”
  • “Quando descanso? Descanso no amor.”
  • “Um coração feliz é o resultado inevitável de um coração ardente de amor.”
  • “O que eu faço é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano será menor.”
  • “É fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado.”
  • “A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.”

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.