Maracatu

O Maracatu é uma manifestação cultural que surgiu em Pernambuco.

0

O maracatu é uma manifestação cultural que envolve música e dança. Criado no século XVIII, em Pernambuco, sua origem remonta ao Brasil Colonial.

De origem africana, indígena e portuguesa, ele é ritmado por chocalhos, tambores e agogôs. Os dançarinos se apresentam em procissões, dançando e cantando.

O maracatu possui um forte apelo religioso, tendo o sincretismo religioso como uma de suas características.

Tipos de maracatu

Vejamos os diferentes tipos de maracatu existentes.

Maracatu Nação ou Baque Virado

O Maracatu Nação ou Maracatu de Baque Virado é a expressão mais antiga dessa manifestação cultural.

Seu ritual ocorre a partir de um cortejo em que são levadas bonecas negras produzidas de madeira e bem vestidas. Elas são chamadas de calungas.

Maracatu

Essas bonecas possuem uma importância significativa, no entanto, os personagens principais são o rei e a rainha, pois a festa é para celebrar a coroação dos reis do Congo.

Personagens do Maracatu Nação

Os personagens do Maracatu Nação simbolizam personagens históricos. 30 a 50 pessoas compõem o ritual, seguindo a seguinte ordem:

  • Realeza: rei e rainha;
  • Corte: composta pelo casal de príncipes, de duques e o embaixador, que não é uma figura obrigatória;
  • Batuqueiros: são as pessoas que tocam os instrumentos, responsáveis pelo ritmo da dança;
  • Porta-bandeira ou porta-estandarte: a bandeira possui o nome e o ano em que a agremiação foi criada;
  • Dama do paço: são as mulheres que carregam a boneca calunga;
  • Calunga: boneca negra que simboliza uma rainha morta;
  • Yabás: baianas;
  • Caboclo de pena: indígenas;
  • Escravas ou catirinas: dançarinas que guiam a dança;
  • Escravo: carregam o guarda-sol para proteger a realeza.

Os títulos de rei e rainha são hereditários, isto é, de pai/mãe para filho/filha.

Maracatu
Personagens no Maracatu Nação.

Maracatu Rural ou Baque Solto

Maracatu Rural ou Maracatu de Baque Solto é oriundo da cidade de Nazaré da Mata, Pernambuco. Recebeu destaque a partir do século XIX, no entanto, seu surgimento é posterior ao do Maracatu Nação.

Maracatu
Maracatu Rural.

As pessoas que participam desse cortejo são, de modo geral, trabalhadores rurais.

O personagem mais importante desse ritual é o caboclo de lança, que se veste de forma característica, com fitas longas e coloridas na cabeça, uma flor branca na boca e uma gola repleta de lantejoulas.

Maracatu
Caboclo de lança.

Maracatu Nação x Maracatu Rural

O Maracatu Nação predomina na zona metropolitana de Recife, marcado por pelo formato de um cortejo de uma corte imperial. É o ritmo afro-brasileiro mais antigo.

Os instrumentos, assim como o batuqueiro, são essenciais para a apresentação desse maracatu.

Já no Maracatu Rural, o ritual se concentra em brincadeiras feitas entre os trabalhadores rurais. A diferença entre ambos é verificado no desenrolar dos rituais e na representação dos personagens.

Instrumentos do maracatu

Os instrumentos do maracatu são os de percussão e de sopro:

  • Tambores
  • Caixas
  • Gonguês
  • Taróis
  • Ganzás
  • Cornetas
  • Trombones
Instrumentos do maracatu
Instrumentos do maracatu.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.