Qual a origem dos Jogos Olímpicos?

Entenda como uma das principais celebrações esportivas da atualidade começou em meados de 776 a.C.


As Olimpíadas se tornaram mundialmente conhecidas com a popularidade e a inclusão, mas poucos sabem da origem dos Jogos Olímpicos. As antigas cidades-estado da Grécia deram forma ao que nós identificamos hoje, especialmente o território de Olímpia.

Tudo começou no ano de 776 a.C. Um morador da cidade de Olímpia chamado Corobeu venceu a primeira competição, que hoje é conhecida como atletismo. Ele correu cerca de 190 metros e disputava com seis outros homens. 

Nessa corrida aconteceram algumas curiosidades, como o fato de Corobeu competir nu, pois, segundo ele, isso melhorava o desempenho da corrida.

Estátua de Zeus em Olímpia, uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo
Estátua de Zeus em Olímpia, uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo.

Durante cerca de 40 anos, os Jogos Olímpicos eram exclusivos na cidade de Olímpia, mas com o passar do tempo, Atenas, Esparta e Corinto também aderiram aos esportes. 

Os jogos tiveram origem na cidade de Olímpia por questões mitológicas. O herói Hércules, que era filho de Zeus, foi obrigado a fazer trabalhos, como limpar os estábulos de Audias, rei de Elis. 

Depois que ele terminou os serviços, Hercules inaugurou os Jogos Olímpicos, para comemorar o feito. Em 440 a.C., Fídias esculpiu um templo dedicado a Zeus, na cidade de Olímpia. 

O objetivo principal das Olimpíadas era homenagear Zeus. Assim, as competições serviam como celebrações religiosas.

Os esportes praticados na época eram pugilato (parecido com o boxe), pentatlo (corrida, lutas e saltos), as corridas de bigas e o pancrácio (similar a luta livre).

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More