Plano de aula – Convivência na escola – 1° ano do Ensino Fundamental

Confira o plano de aula sobre convivência na escola para ser desenvolvido na sua turma do 1° ano do ensino fundamental!

0

A escola é um dos espaços de socialização mais importantes na vida de uma criança. É nesse espaço de convivência que ela aprende a viver em comunidade.

Ao se relacionar com pessoas que não estão dentro do seu espectro familiar, a criança compreende que o mundo não é composto somente por sua família.

Os colegas de classe, professores e funcionários, de modo geral, são indivíduos de extrema importância para a formação da comunidade escolar e, principalmente, para a inclusão do estudante, tão necessária para que ele se sinta pertencente àquele ambiente.

Por isso, o 1° ano do ensino fundamental é imprescindível para a formação do indivíduo, pois é a partir dos processos de ensino/aprendizagem que ele compreende e vê a importância de estar naquele lugar.

Pensando nisso, o Escola Educação planejou um plano de aula sobre convivência na escola, direcionado para turmas do 1° ano do ensino fundamental.

Plano de aula – Convivência na escola

TEMA: Convivência na escola

ANO: 1° ano do ensino fundamental

DURAÇÃO: 3 aulas de 50 minutos cada

OBJETIVOS:

  • Promover a compreensão de que existe uma comunidade fora do ambiente familiar.
  • Mostrar que a escola pode ser um local tão aconchegante quanto sua casa.
  • Salientar que todas as pessoas que trabalham no ambiente escolar são educadores.
  • Suscitar o interesse das crianças pelo espaço escolar.
  • Mostrar as regras necessárias para uma boa convivência.
  • Desenvolver a memória, atenção e coordenação motora.
  • Promover a criatividade.

RECURSOS DIDÁTICOS:

  • Quadro escolar
  • Giz ou pincel para quadro
  • Folha branca
  • Lápis de cor

DESENVOLVIMENTO

Aula 1

A primeira aula consistirá na apresentação da professora. Ao dizer seu nome, escreva-o em letra bastão no quadro.

Vá apontando letra por letra e perguntando aos estudantes qual o nome de cada uma. Assim você terá uma compreensão prévia do que eles já sabem.

Após, pergunte o nome de cada estudante. Caso ele não saiba seu nome completo, busque-o no diário e diga.

Do mesmo modo, pergunte a idade. Peça para que eles apresentem sua idade com os dedos das mãos.

O aluno que não tiver esse domínio, dirija-se a ele e mostre como se faz. Nesse primeiro momento, você perceberá muitas discrepâncias no desenvolvimento de um aluno para outro.

Com isso, é de extrema importância agir com naturalidade e afetividade com o estudante que não dominam seu esquema corporal e dicção.

Depois, diga que você será a professora deles durante todo aquele ano.

Nesse momento, pegue um calendário, situe em qual mês do ano vocês estão, circule o nome e o dia da semana para que eles tenham a noção do tempo que vocês ainda passarão juntos.

Feito isso, mostre a eles os meses que vocês estarão juntos daquele momento em diante. Fale os nomes dos meses do ano de forma pausada.

Apresente a sala de aula, dizendo o nome dos objetos. Por exemplo: aponte para o quadro negro e diga “Isso aqui é um quadro negro. Ele será muito utilizado por todos nós durante todo esse ano. Nele, é possível escrever, desenhar, apagar e consertar o que estiver errado”.

Depois, vá apresentando o nome e a função dos objetos da sala de aula que você acha necessário ser apresentado naquele momento.

O ideal seria apresentar somente as coisas básicas que vocês mais utilizarão.

Não deixe de lado os objetos dos estudantes. Eleja os materiais de algum e vá dizendo o nome de cada artigo.

Por exemplo, diferencie o lápis de escrever do lápis de colorir, explique como se utiliza a borracha e o apontador.

Atenção! Antes de começar a mostrar como cada objeto é utilizado, pergunte se algum estudante sabe manuseá-lo.

Se algum deles se manifestar, chame-o a frente e peça para que ele mostre aos demais. Pode acontecer de ele não saber, caso isso ocorra, aja com naturalidade.

Aula 2

A segunda aula se concentrará em mostrar as regras da sala de aula. Sugiro que você pesquise desenhos que caracterizem as regras mais gerais de uma sala de aula – depois, vá adaptando sobre regras específicas.

Segue o exemplo:

Plano de aula convivência na escola

Plano de aula convivência na escola

Plano de aula convivência na escola

Plano de aula convivência na escola

Plano de aula convivência na escola

Plano de aula convivência na escola

Ressalte o quanto obedecer às regras é importante para o desenvolvimento de cada estudante.

Alerte para que, na casa deles, eles não fazem tudo o que querem e na escola será do mesmo modo.

Selecione quantas regras você achar necessário. Cole-as em um local que todos possam vê-las e você possa se lembrar de lê-las nos dias seguintes até que todos estejam atentos às regras.

Depois de ler e explicar regra por regra, peça para que eles façam um desenho sobre como eles devem se comportar na escola e na sala de aula.

Aula 3

A terceira aula se concentrará em apresentar o ambiente escolar aos estudantes. Mostre onde ficam os banheiros e o bebedouro.

Depois, apresente as salas que têm na escola. Exemplo: biblioteca, informática, secretaria, direção, coordenação, sala dos professores.

A medida que você for os direcionando a esses locais, diga qual a função de cada um e ressalte os momentos que eles poderão frequentá-los.

Feito isso, retorne à sala e peça para que eles desenhem o ambiente da escola que eles mais gostaram.

Estimule-os a desenhar de forma colorida, afirmando que os dias deles serão sempre assim: coloridos.

Veja mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.