Plutocracia

Plutocracia é uma palavra usada para se referir ao controle que os indivíduos mais ricos exercem no sistema político.

0

A plutocracia é um termo grego que significa “governo da riqueza”, ou seja, é quando o sistema político é controlado pelos indivíduos mais ricos da sociedade.

Em alguns casos ela pode ser associada à oligarquia, uma forma de governo em que o poder se concentra nos grupos dominantes.

A plutocracia ocorre quando o político atende somente os interesses daqueles que financiaram sua campanha, abandonando as demandas do povo. Nesse sentido, o patrocinador passa a controlar as ações do político.

Significado de plutocracia

A definição da palavra vem do grego, que ao juntar plouto (riqueza) e kratos (governo), criou a palavra plutocracia.

Nesse sentido, esse termo se caracteriza por ser o governo dos ricos, ao passo que democracia se refere ao governo do povo.

Os plutocratas não precisam estar no poder para influenciar o sistema político. Por meio de grupos de pressão, eles conseguem garantir a aprovação de leis que os favoreçam.

Em muitos casos, essas leis acabam por prejudicar outras pessoas.

Características da plutocracia

As principais características da plutocracia são:

  • Aprovação de leis que beneficiam somente os empregadores;
  • Poder concentrado nas mãos dos mais ricos e poderosos;
  • Desigualdade social;
  • A mobilidade social enfrenta dificuldades;
  • Algumas empresas usam da violência ou de leis repressivas para se instalarem em determinados territórios.

Plutocracia e oligarquia

A única diferença entre plutocracia e oligarquia é que, na oligarquia, os integrantes das elites exercem o poder diretamente.

Ao contrário da plutocracia, que não ocupa o poder de fato, mas que influencia diretamente o sistema político.

Alguns pesquisadores defendem que, desde a crise de 2008, o mundo vive uma plutocracia, pois os donos de entidades financeiras e bancos criam normas e leis que beneficiam o desenvolvimento de seu patrimônio.

Plutocracia brasileira

A Operação Lava Jato comprovou que empresários patrocinavam campanhas políticas para eleger os candidatos do seu interesse.

Além disso, o dinheiro público foi usado para garantir benefícios a políticos e empresários.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.