Quadrados mágicos – Origem, definição e dicas de como resolver

O quadrado mágico é um jogo que estimula a aprendizagem e desenvolvimento do raciocínio lógico,

0

Quem nunca quebrou a cabeça tentando jogar o quadrado mágico? Comumente vemos exercícios em revistas, livrinhos de raciocínio lógico ou até mesmo na internet esses quadrados que são verdadeiros desafios.

O quadrado mágico consiste em uma tabela quadrada, com números, em que a soma de cada coluna, de cada linha e das duas diagonais são iguais.

Quem não é de exatas até se perde, né? Mas calma! É mais simples do que parece. Ficou interessado? Veja mais sobre esse jogo que quebra a cabeça de muitos por aí.

Origem do quadrado mágico

Origem do quadrado mágico
Um quadrado mágico em A Melancolia, de Albrecht Dürer, 1514.

Apesar de não saber sua origem precisa, há registros do jogo na antiga China e Índia. O quadrado 9 casas (3×3) tem seu princípio em um manuscrito árabe, ao final do século VIII e atribuído a Apolônio de Tiana por Marcellin Berthelot.

Na época em que foi nomeado, acreditava-se que quadrados tivessem poderes especiais, daí surge o nome “quadrado mágico”.

Além disso, eram associados a planetas que atribuíam a eles o poder de atrair proteção astral.

Definição

Sendo semelhante às matrizes, o quadrado mágico é uma tabela quadrada de lado n, no qual a soma dos números das linhas, das colunas e das diagonais é constante, de modo que nenhum destes números se repitam.

Como resolver o quadrado mágico?

Por vezes, pode parecer impossível mas há técnicas e dicas que podem ser empregadas que ajudam a desvendar o mistério do quadrado mágico 3×3. Veja abaixo algumas formas de solucionar esse enigma.

Vale lembrar que essas regras só valerão se os números forem múltiplos de 3.

Dica 1: Os números que devem descobertos em todos os sentidos, totalizados, devem ser divididos por 3. O resultado da divisão deve ser o número a ser colocado no centro do quadrado.

Dica 2: Caso o número seja par, os números do canto devem ser ímpares. Caso o número do centro seja ímpar, os números do canto devem ser pares.

Dica 3: No momento em que faltar apenas um número, o valor será o número do centro mais 4.

Veja também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.