A Terceira Revolução Industrial

A Terceira Revolução Industrial iniciou-se por volta de 1950, com diversos avanços tecnológicos jamais vistos antes. Representou a união entre a ciência e a indústria.

0

Terceira Revolução Industrial, teve o seu início após a Segunda Guerra Mundial, mais precisamente em 1950. Com avanços na área tecnológica, representou a união entre ciência e indústria.

Com isso, a ciência passou a integrar o sistema produtivo. Essa revolução também pode ser chamada de Revolução Técnico-Científica-Informacional, representando o período de maior avanço tecnológico, vigorando até a atualidade.

O que foi a Terceira Revolução Industrial?

A Terceira Revolução Industrial é marcada pelo predomínio da alta tecnologia, assumindo posições de destaque a informática, eletrônica, genética, robótica, entre outros.

Os avanços nessas áreas influenciaram todo o sistema produtivo, pois o objetivo era produzir mais em menos tempo, com tecnologias avançadas e qualificação de mão de obra. Houve, também, o aperfeiçoamento de invenções antigas.

Essa revolução também abarca progressos no meio rural (agricultura e pecuária), além da área de prestação de serviços. Todos os setores da economia foram afetados pela Terceira Revolução Industrial

Todo esse movimento e avanço é associado ao processo produtivo. A introdução de robôs e de máquinas mais eficientes, desencadeou no aumento da produção e dos lucros.

Com a diminuição da mão de obra, também ocorreu a diminuição do tempo de fabricação do produto.

Os centros de pesquisas de países desenvolvidos se tornaram polos de investimentos financeiros.

Os avanços das fases das revoluções industriais possibilitaram que cada vez mais países se envolvessem no processo de industrialização mundial.

Outro fator de extrema importância para caracterizar essa revolução, foi a globalização. Ela possibilitou que as informações fossem transmitidas em velocidades recordes, estreitando a relação entre pessoas de diversas partes do mundo.

Foi um rompimento de barreiras físicas, já que as pessoas passaram a estar conectadas o tempo todo. A possibilidade de troca de histórias, culturas, costumes e tradições se tornou mais acessível com a ajuda da globalização.

Da mesma forma, ela contribuiu para a massificação de determinados produtos, possibilitando o conhecimento e o acesso a determinados bens.

Principais características da Terceira Revolução Industrial

Algumas das principais características e consequências desse período, são:

  • Inserção da tecnologia no campo científico;
  • Desenvolvimento da robótica, genética, informática, telecomunicações, entre outros;
  • Produção em larga escala com tempo recorde;
  • Produção de novos produtos;
  • Consolidação do capitalismo;
  • Aceleração da economia;
  • Geração de empregos;
  • Desvalorização da força de trabalho;
  • Expansão Industrial.

Invenções e descobertas da Terceira Revolução Industrial

  • Computador eletrônico;
  • Computador de uso pessoal;
  • Internet;
  • Celular;
  • Tecnologias automotivas;
  • Robôs;
  • Avanço espacial.

Estas são apenas algumas das invenções e descobertas da Terceira Revolução Industrial.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.