Adjunto adnominal

Adjunto adnominal é o termo acessório da oração que acompanha o nome a fim de caracterizá-lo, individualizá-lo ou determiná-lo.

O que é adjunto adnominal? O adjunto adnominal é o termo acessório da oração que acompanha o nome a fim de caracterizá-lo, individualizá-lo ou determiná-lo.

Ele pode ser representado por artigos, numerais, pronomes adjetivos, locuções adjetivas e adjetivos. Por exemplo: “Os fogos iluminavam a festa”. Nesta sentença, “os” e “a” estão caracterizando os substantivos “fogos” e “festa”, respectivamente, então, esses artigos são adjuntos adnominais.

Outro exemplo: “As construções gregas são muito lindas”. Nesta frase, “as” e “gregas” estão caracterizando o substantivo “construções”, logo, são adjuntos adnominais.

Considerando estes aspectos do adjunto adnominal, leia abaixo sobre a distinção de adjunto adnominal e complemento nominal, assim como de adjunto adnominal e predicativo.

Adjunto adnominal x Complemento nominal

O adjunto adnominal se refere somente a substantivos, já o complemento nominal é o termo integrante da oração que completa o sentido de substantivo, adjetivo ou advérbio, ligando-os através de preposição.

Exemplos de complemento nominal:

  • Os bons políticos agiram favoravelmente ao povo.(ao povo completa o sentido do advérbio favoravelmente)
  • A lembrança do pretérito conflitava-o ainda mais. (do pretérito completa o sentido do substantivo feminino lembrança)
  • A casa estava cheia de baratas. (de baratas completa o sentido do substantivo feminino cheia)

Para distinguirmos de forma mais prática estes dois termos, sugerimos que você análise os sentidos ativo e passivo que eles carregam.

Adjunto adnominal é ativo e complemento nominal é passivo.

Exemplo: “As críticas da professora aos ex-alunos“.

Adjunto adnominal: “os” e “da professora”; complemento nominal: “aos ex-alunos”.

A professora fez as críticas (sentido ativo), ao passo que os ex-alunos receberam as críticas (sentido passivo).

Adjunto adnominal x Predicativo

Frequentemente, trocamos o adjunto adnominal com o predicativo.

Para uma melhor distinção de ambos os termos, substitua o substantivo que é o núcleo do termo pelo pronome substantivo. Ao fazer isto, você encontrará o adjunto adnominal.

Exemplo:

  • Os atuais processos seletivos não auxiliam os alunos que realmente estudam.

Sujeito: “Os atuais processos seletivos”

Predicado: “não auxiliam os alunos que realmente estudam”

Modificado: Eles não auxiliam.

Sujeito: “Eles”

Predicado: “não auxiliam”

Adjunto adnominal: “os”, “atuais”, “os”.

Leia também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More