Carlos Magno

Carlos Magno foi um importante imperador do continente europeu durante a Idade Média.

0

Carlos Magno foi um importante conquistador e imperador da Dinastia Carolíngia. Defensor da doutrina católica, em 800, foi coroado Imperador do Sacro Império Romano Germânico pelo Papa Leão III.

Biografia de Carlos Magno

Carlos Magno, filho de Pepino, o Breve e neto de Carlos Martel, duque da Austrásia, nasceu em 742 e ocupou o trono de 768 até 814, ano de sua morte. Foi uma das figuras mais importantes do expansionismo europeu.

Político, estrategista e guerreiro, durante seu governo, o Estado franco expandiu suas fronteiras e se fortaleceu. Além disso, ele foi o responsável pela formação do feudalismo.

A aliança de Carlos Magno com a Igreja Católica foi de extrema importância para o sucesso do seu governo.

O auxílio prestado no conflito entre a Igreja e os lombardos rendeu a Carlos Magno o título de imperador dos romanos, no ano de 800. Tal ação restaurou o título que estava extinto já havia 400 anos.

Além da expansão territorial, o Império Carolíngio visava difundir a cultura ocidental cristã. Com isso, Carlos Magno iniciou uma renovação na escrita, na literatura e na arte, incentivando a formação de clérigos.

É importante salientar que Carlos Magno, em pouco tempo, construiu um enorme império. Ele expandiu os territórios francos que começaram a ser governados por um único soberano.

Durante diversas campanhas militares, ele conseguiu obter a conquista de um número notável de regiões.

As campanhas militares lideradas por Carlos Magno eram realizadas em nome do cristianismo, visando a conversão dos povos pagãos e a ampliação das fronteiras da Igreja.

Muitas das conversões ocorreram por meio de alianças e casamentos, mas outras, se realizaram através da violência e de conflitos.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.