Como fazer uma carta de apresentação

Para uma vaga em processo seletivo, é necessário mostrar a razão pela qual deve ser aprovado. Para isso, confira como fazer uma carta de apresentação.

0

Em um processo seletivo para uma vaga de emprego, estágio ou intercâmbio, é importante causar uma boa impressão e ser lembrado positivamente.

O currículo geralmente é o foco dos candidatos por mostrar as experiências profissionais, porém também há um elemento útil que pode ser incluído. A carta de apresentação não é obrigatória, contudo, é a chance de conhecer melhor o candidato.

O que é uma carta de apresentação?

Uma carta de apresentação é um documento que acompanha o currículo e explicita a motivação do candidato na inscrição da vaga. Por essa razão, a carta de apresentação é única e específica para a vaga que se pretende preencher.

Além disso, a carta ainda contém, por extenso, as qualidades e competências do candidato de forma mais detalhada em comparação ao currículo.

Estrutura da carta de apresentação

Como a carta deve ser formal e possuir todas as informações necessárias, deve ser seguido a estrutura:

  • Local e data;
  • Nome do destinatário;
  • Título do destinatário e nome da empresa;
  • Endereço do destinatário;
  • Saudação inicial – “Prezado(a) (destinatário)” ou outra expressão similar de respeito;
  • Texto da carta – cerca de 300 palavras, entre três e cinco parágrafos, aproximadamente;
  • Despedida cordial;
  • Seu nome;
  • Suas informações de contato.

Sendo assim, a estrutura é composta por introdução, desenvolvimento e conclusão. A introdução deve possuir o interesse pela vaga em questão e as motivações.

Já o desenvolvimento contém a descrição das qualidades e competências que seriam benéficas para a empresa e para a vaga específica, assim como os motivos pelos quais o candidato seria uma boa adição à equipe.

Caso se tenha autorização, no desenvolvimento, é interessante incluir referências das experiências profissionais e acadêmicas, e as informações de contato para que o contratante possa saber mais.

Por fim, é necessário explicitar a disponibilidade para mais informações, entrevista ou continuação no processo seletivo. Além disso, uma reverência gentil ao recrutador garante educação.

Dicas extras de como fazer uma boa carta de apresentação

Confira abaixo mais algumas dicas para sua carta de apresentação:

  • Escolha um formato simples e formal;
  • Siga a norma padrão da Língua Portuguesa;
  • Valorize a individualidade das experiências e qualidades;
  • Informe caso tenha sido indicado para a vaga;
  • Envie adequadamente para o endereço correto, explicitando o assunto e caso tenha documento em anexo.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.