Textos pequenos sobre a Consciência Negra

A cultura brasileira é fortemente marcada pela africana, a Consciência Negra vem para estimular essa percepção e lutar contra o preconceito.  

0

O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro no Brasil. A data representa a luta contra a discriminação racial e desigualdade social, e tem o objetivo de fortalecer a percepção histórica e cultural que os negros e toda a população brasileira têm de si mesmos, dessa forma diminuindo ações de preconceito. 

A celebração acontece em todo o território nacional e marca o dia da morte do líder negro Zumbi dos Palmares, que lutou contra a escrivão no maior quilombo que existiu na América Latina, construído na região do atual Alagoas. 

A língua, a gastronomia, a música, a religião, a moda, os hábitos, entre vários outros aspectos da cultura brasileira, são marcados fortemente pela cultura africana trazida pelos negros que foram escravizados na formação do país. Sendo o Dia da Consciência Negra importante para o reconhecimento dessa identidade na nossa cultura.

Confira a seguir alguns textos pequenos que promovem importantes reflexões sobre o Dia da Consciência Negra.

Textos pequenos sobre a Consciência Negra

O herói negro

O dia 20 de novembro é muito especial para a população negra brasileira. É a data em que o Brasil reverencia o heroísmo de Zumbi de Palmares, símbolo maior da resistência e da luta dos negros contra a escravidão.

Zumbi nasceu livre em Palmares, no ano de 1655, mas foi capturado ainda bebê e entregue a um padre jesuíta. Batizado com o nome de Francisco, ele teve educação cristã e estudou português e latim. Mas não abandonou as raízes. Com 15 anos, Zumbi voltou ao Quilombo dos Palmares, onde se tornou estrategista militar.

Em 20 de novembro de 1695, depois de ser traído por um companheiro, foi preso e morto pelas tropas portuguesas.

O Quilombo dos Palmares estava localizado na região da Serra da Barriga, que atualmente faz parte do município de União dos Palmares, no estado de Alagoas.

Era constituído por quilombolas (escravos fugitivos das fazendas e que passavam a viver nos quilombos) que tinham sido escravos em fazendas da capitanias da Bahia e Pernambuco. Tornou-se símbolo da resistência negra à escravidão.

(Autor desconhecido)

A Cor do Sentido

As almas têm a cor do seu sentido:
o que se dá à vida, o que se pede.
A vida tem a flor do meu sorriso…
mais linda, quanto mais à flor da pele.

Sou negro, sou índio, e branco também.
Sou força e vida na Luz que me vem.
Sou ave e canto, suave e febril.
Sou riso e pranto no chão do Brasil.

E aonde quer que eu vá, eu vou inteiro:
o corpo em pele, alma e emoção.
sou negro, índio, branco… brasileiro.
Sou prisioneiro só do coração.

(Célia de Lima)

Eu, também

“Eu, também, canto a América
Eu sou o irmão mais preto.
Quando chegam as visitas,
Me mandam comer na cozinha.
Mas eu rio
E como bem,
E vou ficando mais forte.Amanhã,
Quando chegarem as visitas
Me sentarei à mesa.
Ninguém ousará,
então,
me dizer,
“Vá comer na cozinha”.Além do mais,
Eles verão quão bonito eu sou
E se envergonharão –Eu, também, sou a América.”

(Langston Hughes)

PUBLICIDADE

Não se cale

Consciência negra, consciência essa de que você existe e persiste. Apesar dos apesares.
Consciência de sua luta, suas derrotas e sua vitória em forma de liberdade.
Liberdade essa que todo dia tentam te tirar.
Não se cale diante da sociedade.
Sua cor é uma honra.

(Juliane Rodrigues)

Feriado do Dia da Consciência Negra – estados em que é feriado 

Consciência Negra – Imagem: reprodução.

Vale ressaltar que embora a Consciência Negra seja comemorada em todo o território brasileiro, o dia 20 de novembro é apenas feriado em alguns estados do país, são eles: 

  • Rio de Janeiro
  • Alagoas
  • Amazonas
  • Amapá
  • Mato Grosso 
  • Rio Grande do Sul 

A data foi estabelecida pelo Projeto de Lei n° 10.639 no dia 9 de janeiro de 2003. Contudo, foi somente em 2011 que a então presidente Dilma Roussef sancionou a Lei 12.519/2011 que cria a data sem obrigatoriedade de feriado.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.