O que é depressão geográfica?

Entre todos os relevos encontrados na Terra, as depressões são as que possuem as menores altitudes. Conheça um pouco mais sobre elas a seguir.

0

O relevo diz respeito às formas físicas componentes da camada superficial da terra, a litosfera. Os principais relevos são quatro: montanha, planalto, planície e depressão. Cada um deles apresenta propriedades bem distintas em relação aos demais.

A seguir, você pode ver as principais características deste relevo, como ele se forma e os locais com maior incidência.

Características das depressões geográficas

Geologicamente falando, as depressões são formações sedimentares muito antigas, e a sua principal característica são os terrenos planos e as baixas altitudes, as menores em relação a todos os outros tipos.

Enquanto as montanhas podem ultrapassar 8 mil metros de altitude em relação ao nível do mar, as depressões dificilmente ultrapassam os 500m e podem, inclusive, estar abaixo do nível do mar.

O que é depressão absoluta? As depressões são classificadas em depressão absoluta, quando ela está abaixo do nível do mar, ou depressão relativa, que ao contrário da anterior, é quando ela está situada acima do nível do mar e abaixo da região ao seu entorno.

A maior depressão absoluta encontrada no mundo é o Mar Morto, localizado no Oriente Médio. Ele está situado a aproximadamente 400m abaixo do nível do mar.

O que é depressão relativas? Já as depressões relativas podem ser classificadas como depressões interplanálticas, localizadas entre planaltos, ou intermontanas, localizadas entre montanhas.

Justamente por conta da formação sedimentar, seu principal tipo de rocha constituinte são as rochas sedimentares, acompanhadas de perto pelas rochas cristalinas.

Formação das depressões geográficas

Os fatores exógenos, como por exemplo as erosões, a ação da água e do vento, são preponderantes em seu processo de formação. Assim, essas áreas rebaixadas podem adquirir superfícies planas ou côncavas.

A formação desse tipo de relevo pode acontecer por meio de duas situações distintas. A primeira, acontece em função de sua menor resistência, ao ser comparada com os demais relevos, isso facilita  o desgaste natural ou de erosões ao longo do tempo.

Na segunda se dá por conta dos movimentos epirogenéticos da Terra, que apesar do nome difícil, nada mais é do que o afundamento de uma região por conta dos fatores endógenos, ou seja, internos do planeta.

As principais depressões encontradas no Brasil estão localizadas no Amazonas. São as Depressões Norte Amazônica e Sul Amazônica.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.