Dopamina

A dopamina é o hormônio neurotransmissor que libera a sensação de prazer!

A dopamina é um hormônio neurotransmissor produzido no cérebro a partir do aminoácido tirosina. Ela é precursora natural da adrenalina e da noradrenalina e é conhecida popularmente como o hormônio do prazer.

A síntese desse hormônio ocorre através da ativação da enzima tirosina hidroxilase. Depois de produzida, a dopamina fica armazenada em vesículas dos neurônios, sendo liberadas através das sinapses químicas que ocorrem no cérebro.

Funções da dopamina

As principais funções da dopamina são o controle de movimentos, melhoria da memória e sensação de prazer.

A dopamina é liberada em situações emocionais agradáveis e desencadeia impulsos nervosos que dão ao indivíduo uma sensação de prazer e bem-estar.

O consumo de chocolate ou alimentos que gostamos muito, prática de atividade sexual, prática esportiva e até o uso de drogas são situações que estimulam a liberação de dopamina.

Além disso, a dopamina também atua sobre as funções motoras do corpo humano, ela é a responsável pela execução de movimentos involuntários.

As sensações prazerosas geradas pela dopamina são associadas, no cérebro, aos momentos em que elas ocorreram, fazendo com que a memória seja ativada e elas fiquem armazenadas por mais tempo.

Problemas causados pela dopamina

A ausência de dopamina no organismo pode acarretar problemas de falta de memória e motores. Os movimentos do corpo se tornam descoordenados, e esse é o principal sintoma da doença de Parkinson.

A carência de dopamina ocorre principalmente nos idosos, já que o envelhecimento provoca a morte dos neurônios que produzem a dopamina, diminuindo os níveis desse hormônio no indivíduo.

O vício em drogas ilícitas e lícitas também estão associadas a dopamina porque quando a pessoa faz uso de drogas, elas atuam diretamente nos receptores dos neurotransmissores.

Sendo assim, o cérebro produz mais dopamina para aumentar e prolongar o estado de prazer. O vício se inicia na necessidade de manter essa sensação de prazer constante.

Fontes naturais de dopamina

O consumo de alimentos ricos em tirosina é recomendado para que a produção de dopamina se mantenha estável. Esses alimentos são os derivados do leite, o abacate, a abóbora, feijão, nozes, ovos, carnes, etc.

Manter a prática regular de atividades físicas também é importante para que os níveis dos neurotransmissores estejam normais no organismo.

O abuso da cafeína deve ser evitado quando existe problema na produção de dopamina.

Uso medicinal

A dopamina sintética pode ser utilizada no tratamento de doenças do sistema nervoso central causadas pela diminuição da produção normal dela.

Geralmente, esse hormônio é utilizado nos tratamentos da doença de Parkinson, da esquizofrenia e vícios narcóticos.

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More