Isaac Newton

Newton é considerado um dos cientista mais importantes da história da humanidade, com suas descobertas e invenções. Conheça mais sobre o grande cientista.

0

Quem foi Isaac Newton? Isaac Newton (1643-1727) foi um físico, astrônomo e matemático inglês, que se tornou um dos homens mais importantes da história da humanidade, com feitos e descobertas históricas, necessárias e invenções geniais. Ele era muito reservado, com poucas relações sociais.

Biografia

Isaac Newton nasceu no ano de 1643, em Woolsthorpe, na Inglaterra. Era filho do também chamado Isaac Newton, que morreu três meses antes do filho nascer, e Hannah Ayscough Newton.

A família possuía uma próspera propriedade rural, que sua mãe passou a tomar conta após a morte de seu pai. Entretanto, sua mãe se casou novamente e Newton, com apenas três anos, foi morar com sua avó materna, por quem foi criado.

Desde jovem, Newton já demonstrava interesse e habilidades com criações e trabalhos manuais. Isso se comprova, pois, ainda criança criou um moinho de vento e um quadrante solar de pedra.

Entretanto, aos 14 anos, sua mãe se torna viúva novamente e tira o menino da escola. Depois o leva para morar novamente na fazenda para trabalhar na agricultura. Porém, ele odiava esse tipo de trabalho e passava todo o tempo lendo livros.

Tempo depois, o diretor da The King’s School, convence a mãe de Isaac Newton a colocá-lo de novo na escola.

Já com 18 anos, o jovem Newton é aceito no Trinity College, da Universidade de Cambridge, onde passou quatro anos e recebeu um bacharel em Artes.

Além disso, nesse período que passou em Cambridge, assistiu palestras e se aproximou do matemático Isaac Barrow, quem o apoiou e estimulou em sua vocação matemática.

Peste Negra

Em 1965, a epidemia de peste negra assusta grande parte da Europa e o força a mudar para o norte da Inglaterra para morar com sua família, para se proteger.

Assim, durante esse tempo ele pode desenvolver algumas descobertas, como o cálculo e desenvolver a famosa teoria da gravidade.

Descobertas

Nesses dois anos que Newton ficou afastado da Universidade, ele fez grandes descobertas para a ciência.

Algumas dessas invenções foram a A lei da gravitação Universal, Teorema Binomial, o cálculo, a natureza das cores, construiu o primeiro telescópio de reflexão, em 1668, e observou os espectros visíveis a partir da decomposição da luz solar ao incidir em um prisma.

As três Leis de Newton

Newton postulou as “leis do movimento” e as publicou em 1687. Estas leis explicavam os movimentos relativos ao movimento de objetos físicos. São as seguintes leis:

  • 1ª Lei: Um corpo em repouso ou em movimento uniforme em uma linha reta, permanece em repouso ou em movimento, respectivamente, se não é forçado a mudar aquele estado por forças feitas sob ele;
  • 2ª Lei: A mudança de movimento é proporcional à força motora realizada sob ele e na direção da linha reta que essa força for imprimida;
  • 3ª Lei: Toda força possui uma reação de força igual e oposta. Também conhecida como “Lei da ação e reação”.

Lei da Gravitação Universal

Newton sempre foi muito observador quando as ações que ocorriam ao redor, no universo. Em 1666, ele começou a compreender vários fenômenos e estudar sobre eles.

Além disso, é nessa lei que está a famosa história da maçã que caiu na cabeça de Newton. Assim, ao cair a maçã em sua cabeça, ele observou que alguma força teria que atuar naquele corpo para atraí-la dessa maneira.

Foi assim que ele elaborou uma das mais fundamentais de todas as leis. Ele observou e provou que cada partícula de matéria atrai toda outra partícula de matéria. Contudo, essa força que cada corpo faz, depende também sua massa e da proximidade entre eles.

Essa lei aplica-se a todos os planetas e a toda forma de matéria. Conclui-se que a Terra puxa a maçã e a maçã puxa a terra.

Telescópio refletor

Em 1668, Newton construiu o primeiro telescópio de reflexão, menor do que os existentes da época. Ele criou o telescópio como forma de resolver o problema da anomalia presente nos telescópios formados apenas por lentes, aberrações cromáticas de cores que se formavam em volta do objeto estudado.

O brilhante Newton colocou espelhos côncavos no lugar das lentes. Nesse telescópio não somente ampliava mas refletia a luz diretamente para o olho da pessoa.

Espectro visível da luz

Ele foi o primeiro a observar a existência do espectro visível da luz solar e a natureza das cores.

Isso acontece de forma que a luz incidente sobre as faces de um prisma triangular transparente, atravessa-o e projeta-se sobre um meio. Esse fenômeno ficou conhecido como dispersão.

Outros estudos

Alquimia

A alquimia era um das obsessões secretas de estudo do Newton. Ele tomava bastante cuidado com os objetos que ele estudava pois muitos tiveram alguma ligação com a alquimia, que naquela época ainda era considerada um conhecimento ilegítimo. Newton escrevia e estudava muito sobre esse tema.

Bíblia

A leitura e estudo da bíblia era outra de suas obsessões. Isaac Newton estudava profundamente os escritos bíblicos, obcecado por códigos secretos da bíblia.

Influência ao iluminismo

Isaac Newton, provou que os fenômenos naturais eram regidos por leis naturais, como a lei da gravitação universal. Desse modo, ele propões que a natureza age de uma forma a simplificar suas ações ao máximo.

Outro fato defendido por ele é a questão de que causa semelhantes têm consequências semelhantes e isso torna a natureza homogênea, gerando uma constância e possibilitando a harmonia do universo.

Todas esses estudos traziam uma visão mais racional, assim como sugere o movimento iluminista.

Falecimento

Sabe-se que semanas antes de sua morte, Newton queimou diversos manuscritos e obras suas. Não se sabe ao certo o que eram, mas acredita-se que eram estudos ocultos de alquimia e teologia.

Dias antes de sua morte, apresentou sérios problemas renais e afirma-se que essa foi a causa da sua morte, em 1727.

Além disso, foi enterrado na Abadia de Westminster, na Inglaterra, junto a outros homens importantes para a história inglesa.

O grande cientista

Newton se tornou, em vida, um dos homens mais famosos da sua época e hoje é considerado o cientista que causou mais impacto na história da ciência.

Acredita-se que Newton sofria de síndrome de Asperger, uma condição que determina uma mutação no funcionamento do cérebro.

Outros gênios da história da ciência também apresentavam aspectos dessa síndrome, como Einstein e Darwin.

Seus estudos iniciaram e abriram diversas ideias e caminhos para diversas áreas do conhecimento.

Newton foi grande inspiração e influência sobre cientistas posteriores, como Albert Einstein, Michael Faraday e James Clerk Maxwell, que o admiravam.

Frases de Isaac Newton

Confira a seguir algumas frases e citações atribuídas a Isaac Newton:

O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano.

Se vi mais longe foi por estar de pé sobre ombros de gigantes.

A lei da gravidade é capaz de explicar o movimento dos planetas, mas não pode explicar quem colocou os planetas em movimento. Deus governa todas as coisas e sabe tudo que é ou que pode ser feito.

 Construímos muros demais e pontes de menos.

Nenhuma grande descoberta foi feita jamais sem um palpite ousado.

A lei da gravidade é capaz de explicar o movimento dos planetas, mas não pode explicar quem colocou os planetas em movimento. Deus governa todas as coisas e sabe tudo que é ou que pode ser feito.

Veja também: 

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.