Predicado

O predicado é o termo que contém o verbo e informa algo sobre o sujeito. Ele concorda com o sujeito em número e pessoa.

O que é predicado? O predicado é o termo que contém o verbo e informa algo sobre o sujeito.

O predicado juntamente com o sujeito formam os termos essenciais da oração, ou seja, são os termos básicos para a construção de uma oração.

Portanto, o predicado concorda com o sujeito em número e pessoa.

Classificação dos predicados

Segundo os gramáticos mais renomados, o predicado pode ser: verbal, nominal e verbo-nominal.

Predicado verbal

O predicado vai ser categorizado como verbal quando ele informar uma ação. Veja exemplos:

  • Os operários lutam por melhores salários. [Predicado verbal]

(“lutam por melhores salários” é o predicado verbal porque o verbo lutar exprime uma ação).

  • [Predicado verbal] Acenderam-se as luzes.

(“Acenderam-se” é o predicado verbal porque o verbo acender exprime uma ação).

Núcleo do predicado verbal

O núcleo desta categoria de predicado sempre será o verbo.

Para que o verbo seja núcleo, é imprescindível que ele seja um verbo significativo, ou seja, ele precisa trazer em si mesmo uma ideia de noção, uma ideia de ação. Veja exemplo:

  • Acenderam-se as luzes. [“Acenderam-se” é o predicado verbal e núcleo do predicado nesta frase. O verbo acender exprime ideia de ação]

Estrutura do predicado verbal

O predicado verbal é formado de verbo intransitivo, ou seja, é formado por verbo que traz em si ideia completa e não precisa obrigatoriamente de complemento e também pode ser formado de verbo transitivo, que é um verbo que não tem ideia completa e precisa de complemento.

Veja exemplo:

  • As árvores florescem. [“Florescem” é verbo intransitivo, predicado verbal e núcleo do predicado]

Predicado nominal

O predicado nominal é aquele que informa um estado do sujeito.

Nesse predicado o verbo é de ligação, isto é, verbo que pode expressar estado de permanência, transitoriedade, mutabilidade, continuidade e aparência, para atribuir ao sujeito características.

Veja exemplos:

  • Zezinho está triste. [Predicado nominal]

(“está” é o verbo de ligação que acompanha o adjetivo “triste”, que por sua vez, informa sobre “Zezinho”. “Zezinho” é o sujeito.)

  • Rute é linda. [Predicado nominal]

(“é” é o verbo de ligação que acompanha o adjetivo “linda”, que por sua vez, informa sobre “Rute”. “Rute” é o sujeito.)

Núcleo do predicado nominal

O núcleo do predicado nominal não é o verbo e, sim, a palavra que indica a característica do sujeito, contida no predicado. Geralmente, é um  adjetivo ou substantivo.

Veja exemplo:

  • Aquelas esculturas eram valiosas. [Predicado nominal]

(“valiosas” é o núcleo do predicado nominal nesta frase)

Estrutura do predicado nominal

O predicado nominal é formado de dois termos básicos: verbos de ligação e predicativo do sujeito, isto é, termo que atribui características ao sujeito por através de um verbo, sendo a palavra principal do predicativo o núcleo do predicado.

Veja exemplo:

  • A tristeza virou uma grande alegria.  [Predicado nominal]

(“virou” é o verbo de ligação; “uma grande alegria” é o predicativo do sujeito, pois é o termo que atribui características ao sujeito por meio de um verbo; “alegria” é o núcleo do predicado da frase)

Predicado verbo-nominal

O predicado verbo-nominal é aquele que expressa duas informações: ação e estado, sendo formado por dois núcleos: um nome e um verbo.

Portanto, há a fusão de dois predicados, verbal e nominal, em apenas um. Veja exemplo:

  • Os alunos retornaram da excursão tristes. [Predicado verbo-nominal]

(“retornaram” indica ação e “tristes” indica estado. Portanto, “retornaram” expressa o predicado verbal e “tristes” indica o predicado nominal)

Núcleo do predicado verbo-nominal

O núcleo do predicado verbo-nominal fornece duas informações, ação e estado, sendo, assim, constituído por dois núcleos: verbo e nome.

Veja exemplo:

  • O dentista respondeu sério. [Predicado verbo-nominal]

(“respondeu” é verbo intransitivo e núcleo do predicativo. Portanto, indica ação)

(“sério” é o predicativo do sujeito e núcleo do predicado. Portanto, indica estado)

Predicativo do objeto

No predicado verbo-nominal, há também o predicativo do objeto.

O predicativo do objeto completa o objeto direto, isto é, completa o sentido do complemento verbal que não é acompanhado de preposição e/ou pode completar também o  indireto, isto é, completa o sentido do complemento verbal que é acompanhado de preposição, atribuindo-lhe características.

Veja exemplo:

  • Os colegas de trabalho consideram Daniel inteligente. [Predicado verbo-nominal]

(“inteligente” é o predicativo do objeto, pois “inteligente” está referindo- se a “Daniel”, que é o objeto direto)

Estrutura do predicado verbo-nominal

Confira como pode ser constituído o predicativo verbo-nominal e veja exemplos:

Verbo intransitivo + predicativo do sujeito:

  • A caravana de estudantes partiu triste. [“partiu” é o verbo intransitivo da frase; “triste” é o predicativo do sujeito]

Verbo transitivo + predicativo do sujeito:

  • Os residentes fizeram a prova tranquilos. [“fizeram” é o verbo transitivo direto; “tranquilos” é o predicativo do sujeito]

Verbo transitivo + predicativo do objeto:

  • Os vestibulandos consideraram a prova difícil. [“consideraram” é verbo transitivo direto; “difícil” é o predicativo do objeto da frase]

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More