Pressão sanguínea – O que é, como é medida, hipertensão e hipotensão

A pressão sanguínea é resultando de um bombeamento do sangue pelo corpo. Entenda como todo esse processo acontece e como medir a pressão.

0

Os vasos sanguíneos são denominados, de forma mais específica, como artérias, arteríolas, e vasos capilares. Eles são alguns dos responsáveis pela circulação do sangue por todo o corpo.

Além desses, o coração é a outra parte necessária para essa ação de circulação. Isso ocorre porque é esse órgão que bombeia o sangue para os demais órgãos. A cada batimento, o coração pressiona suas paredes e bombeia o sangue, que adquire uma pressão dentro dos vasos sanguíneos.

Essa pressão, chamada de pressão arterial ou pressão sanguínea, é necessária para o sangue chegar a todas as regiões do corpo, desde o pé até a cabeça.

Ciclo cardíaco

O caminho percorrido pelo sangue, continuamente impulsionado pelo coração, ocorre após o momento que o sangue é oxigenado no pulmão. A partir disso, ele percorre as artérias, levando oxigênio aos tecido do corpo.

Após isso, o sangue com gás carbônico passa, através das veias, pelo próprio coração e segue em direção ao pulmão, para realizar as trocas gasosas.

Além disso, existem dois tipos de pressão:

  • Pressão Sistólica (máxima): força imposta pelo coração, realizada para impulsionar o sangue pelo corpo.
  • Pressão Diastólica (mínima): força imposta pelo calibre arterial, como resistência das paredes arteriais ao sangue que entra em atrito com sua superfície.

Cálculo da pressão arterial

A pressão arterial pode ser medida com o uso de  um aparelho médico chamado esfigmomanômetro.

O cálculo é feito por usando a unidade de medida mmHg, que significa milímetros de mercúrio. Esta medida foi inventada em 1643 por um físico e matemático italiano chamado Evangelista Torricelli.

Comparando 1 mmHg com outras medidas de pressão, este corresponde a 133,32 Pa (Pascal), 1,33 mb (Milibar) e 0,00131578947368 atm (Atmosfera).

O valor considerado normal para a pressão arterial de um ser humano adulto jovem é de 120 por 80. O primeiro número, 120 mmHg, indica a pressão máxima e o segundo, 80 mmHg, a pressão mínima.

O local mais usado para verificação da pressão arterial é o braço.

Distúrbios da pressão arterial

A pressão arterial pode apresentar valores diferentes dos considerados normais. Isso é comum de acontecer quando associados a alguns fatores de desordem da saúde.

Pressão alta – hipertensão arterial

A pressão fica alta quando ocorre a diminuição do diâmetro da artéria e o coração precisa fazer uma força maior para bombear o sangue. Os principais fatores são:

  • Idade avançada;
  • Tendência a obesidade;
  • Excesso de sal, açúcar e café na alimentação;
  • Diabetes;
  • Fumo, entre outros.

Pressão baixa – hipotensão arterial

  • Calor;
  • Desidratação;
  • Hemorragias, entre outros.

Entretanto, esse distúrbio pode ser tratado com auxílio médico, fazendo tratamento com o uso de medicações e mudança de hábitos.

Veja também: 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.