Veja algumas dicas para ajudar a prevenir depressão em crianças

Manter a saúde mental dos pequenos é importante para ajudar no desenvolvimento psicocognitivo.

A depressão e o transtorno de ansiedade são reconhecidos como transtornos mentais que, embora muitas pessoas não saibam, podem atingir as crianças. Nesse sentido, saber identificar os sintomas de que o pequeno pode estar começando a desenvolver essas doenças é tão importante quanto buscar mecanismos de prevenção. Por isso, confira neste artigo algumas ferramentas para ajudar a prevenir a depressão em crianças.

Leia mais: Veja 5 Formas Bem Eficazes De Cortar O Açúcar Da Alimentação

Saiba como prevenir depressão em crianças

O que exatamente é a depressão em crianças? Como evitar a depressão infantil? Essas são algumas das perguntas mais comuns em relação ao tema. Dessa forma, essas duas doenças também são reconhecidas como transtornos de saúde mental que atingem crianças, adolescentes e adultos.

Há um equívoco generalizado sobre isso, pois se supõe que os jovens exageram ou que o problema não é reconhecido como uma questão de saúde. Pode ser difícil distinguir entre ansiedade e depressão, pois o humor pode ser confundido com tristeza, exaustão ou apreensão.

Alguns pais podem interpretar mal os sintomas como presságio ou exagero, mas é fundamental prestar atenção aos sinais ao longo do tempo, pois podem ser graves.

Sintomas mais comuns

Antes de citar os sintomas mais comuns, vale ressaltar que essas características devem aparecer de forma regular e constante. Por isso, um profissional especializado saberá identificar com mais precisão se a criança está com depressão ou não.

Nesse sentido, é importante ficar atento quando os seguintes sintomas começarem a aparecer: tristeza constante; cansaço; baixa autoestima; perder interesse em atividades que gostava; inquietude; e pensamentos negativos.

Como prevenir depressão em crianças?

A depressão atinge pessoas de 10 a 24 anos, sendo o suicídio a principal causa de morte. Portanto, uma das melhores formas de prevenção é manter um diálogo sincero e honesto com seus filhos sobre eventuais problemas que eles possam estar tendo.

Assim, eles se sentirão à vontade para se aproximar de você se tiverem algum sintoma ou estiverem tristes sem motivo aparente. O apoio emocional é essencial, e você também pode procurar ajuda de um especialista se perceber que seu filho está sendo negligenciado. O mais importante é sempre lembrar-se de nunca minimizar os sentimentos das crianças.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More