Sexta-feira 13 – Entenda a origem desse mito

Na sexta-feira 13, é comum ver pessoas saindo de casa com medo, evitando escadas e gatos pretos. Confira a origem desse mito.

0

Quando o calendário marca sexta-feira 13, há pessoas do mundo todo que ficam com medo da má sorte ou assombrações que podem ocorrer nesse dia.

Para intensificar o medo, uma série de filmes famosa entre os amantes de terror é protagonizada pelo assassino em série Jason Voorhees, que coleciona vítimas nesta data. Contudo, a origem da data, assim como a origem dos perigos que podem ocorrer, não são conhecidas.

Origem da sexta-feira 13

Uma origem defendida por grande parte da população possui raízes na perseguição de Jesus Cristo, que teria sido crucificado na sexta-feira. Também, a Última Ceia teve 13 participantes no total.

Outro relato defende que a data teve azar agregado em 13 de outubro de 1307, quando o rei Felipe IV foi negado ao solicitar a entrada na ordem religiosa dos Cavaleiros Templários.

De acordo com a explicação, o rei da França estava com o poder ameaçado e viu a filiação como forma de se estabilizar. Por isso, ao ser negado, ordenou a perseguição dos templários na sexta-feira dia 13.

Dessa forma, como as versões defendidas possuem relação com o cristianismo, também há o relato da conversão dos povos bárbaros que invadiram a Europa no início do período medieval.

Segundo a lenda, ao ocorrer a conversão para a fé cristã, os bárbaros julgaram a deusa do amor e da beleza, Frigga, como uma bruxa que reúne onze feiticeiras e um demônio para jogar pragas contra a humanidade toda sexta-feira.

Contudo, a origem exata dessa superstição não pode ser pontuada. Atualmente, as pessoas evitam símbolos de azar, como espelhos quebrados, passar debaixo de escadas ou perto de gatos pretos, mesmo sem ligação concreta.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.