Antígenos

Os antígenos são as moléculas que desencadeiam as reações imunológicas do nosso organismo. Vamos conhecê-las melhor?

0

Antígenos são moléculas biológicas isoladas ou constituídas por células, vírus, bactérias, fluidos biológicos ou sintéticos que, se forem introduzidas em um animal vertebrado, produzem uma reação imune.

Portanto, os antígenos são moléculas capazes de se ligar aos anticorpos e desencadear uma resposta do sistema imunológico.

Antígeno e anticorpo

Os antígenos são as moléculas que invadem o nosso corpo e provocam uma reação no sistema imunológico fazendo com que ele produza anticorpos específicos para aquele antígeno.

O anticorpo é o responsável por destruir os antígenos que estão atacando o corpo. A relação entre os dois é estabelecida pelo modelo chave-fechadura, pois eles possuem alta especificidade um com o outro.

Por isso, cada anticorpo se liga apenas ao antígeno que desencadeou sua produção.

Antígenos e anticorpos
Antígenos e anticorpos

Tipos de antígenos

Os antígenos podem ser de dois tipos, independentes ou dependentes:

  1. Antígenos T-independentes: estimulam linfócitos B a produzirem anticorpos, sem precisar de linfócitos T auxiliares. Os polissacarídeos são exemplos de antígenos desse tipo.
  2. Antígenos T-dependentes: necessitam da ajuda de linfócitos T para estimular a produção de anticorpos. As proteínas são desse tipo.

Como diferenciar imunógeno, antígeno e hapteno?

O antígeno é uma molécula que causa uma reação com uma resposta imune específica.

Os imunógenos são tipos de antígenos que provocam uma resposta imune causando uma memória imunológica. É importante ressaltar que todo imunógeno é um antígeno, mas nem todo antígeno é do tipo imunógeno.

O hapteno é uma substância que não desencadeia uma reação imunológica, mas pode reagir com os anticorpos. Para que essa reação aconteça, é necessário que eles se liguem a proteínas carreadoras.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.