Proteínas

Você sabe como uma proteína é formada? Continue lendo para descobrir tudo sobre essas moléculas!

0

As proteínas têm papel importante para a manutenção do metabolismo. Elas estão presentes nos animais, vegetais e podem ser fabricadas de forma natural e também sintética.

O que são proteínas?

As proteínas são macromoléculas orgânicas compostas por um conjunto de aminoácidos unidos entre si por ligações peptídicas.

Elas são as macromoléculas orgânicas mais abundantes em todos os seres vivos compostos por células e, também, nos vírus.

Aminoácidos

Os aminoácidos são moléculas formadas por um carbono (C), um hidrogênio (H), um grupo carboxila (COOH), um grupo amina (NH2) e um radical que muda conforme o aminoácido.

Proteínas - Fórmula estrutural do aminoácido
Proteínas – Fórmula estrutural do aminoácido.

Existem 20 aminoácidos diferentes que são divididos em essenciais, aqueles que precisam ser adquiridos através da alimentação, e não essenciais, os que são produzidos pelo corpo.

Proteínas - Tabela aminoácidos
Proteínas – Tabela dos aminoácidos

Composição das proteínas

As unidades básicas que compõem as proteínas são os aminoácidos, unidos por ligações peptídicas formando longas cadeias.

Além do carbono, hidrogênio, nitrogênio e oxigênio presentes em todos os aminoácidos, quase todas as proteínas também possuem elementos como enxofre, ferro, zinco e cobre em sua composição.

Estrutura das proteínas

As cadeias de aminoácidos que formam as proteínas podem ser muito longas e são classificadas pela sua estrutura espacial, analisando o dobramento e enrolamento da proteína.

Assim, as proteínas são classificadas em estrutura primária, secundária, terciária e quaternária. É importante lembrar que uma mesma proteína pode ter estruturas diferentes ao longo de sua cadeia.

  • Estrutura primária: composta pela cadeia principal em sequência linear de aminoácidos.
  • Estrutura secundária: esse é o primeiro nível de enrolamento das proteínas, pontes de hidrogênio são formadas e dão a ela uma forma helicoidal.
  • Estrutura terciária: possui formato tridimensional, a hélice se dobra sobre ela mesma e confere um formato enovelado.
  • Estrutura quaternária: agrupamento de duas ou mais cadeias polipeptídicas que podem ou não ser iguais.
Proteínas - Fórmulas estruturais
Proteínas – Fórmulas estruturais

Tipos de proteínas

As proteínas podem ser classificadas de acordo com sua origem em três grupos: animal, vegetal e sintética.

As de origem animal possuem praticamente todos os aminoácidos essenciais e são importantíssimas para o funcionamento do organismo humano.

As proteínas com origem vegetal possuem menor valor nutricional por ter menos aminoácidos essenciais em sua composição. No entanto, muitos grãos e folhas verdes possuem grande quantidade de proteína e podem ser amplamente utilizados em dietas vegetarianas.

A proteína sintética é produzida em laboratório e utilizada na suplementação de pessoas com restrições alimentares.

Classificação das proteínas

Veja a classificação das proteínas quanto à composição:

  • Proteínas simples: apenas aminoácidos são liberados durante a hidrólise;
  • Proteínas conjugadas: liberam aminoácidos e um radical prostético, que não é peptídico, durante a hidrólise.

Quanto ao número de cadeias polipeptídicas:

  • Proteínas monoméricas: uma cadeia de aminoácidos;
  • Proteínas oligoméricas: várias cadeias de aminoácidos.

Quanto à forma:

  • Proteínas fibrosas: longas moléculas lineares que são insolúveis em meio aquoso;
  • Proteínas globulares: estrutura espacial com formato esférico, solúveis em meio aquoso.

Função das proteínas

Quanto à função das proteínas, elas são fundamentais para a estrutura e funcionamento do organismo. Elas estão presentes em praticamente todas as funções celulares dos seres vivos.

O formato, estrutura e função das proteínas mudam de acordo com o local onde elas se encontram no corpo do ser vivo.

Entre as principais funções, podemos citar:

  • Estruturação de tecidos;
  • Fornecimento de energia para a célula;
  • Atuar como enzimas catalisando reações químicas;
  • Movimentação muscular através de miosina e actina;
  • Construção e reparação de tecidos musculares;
  • Produção de hormônios, anticorpos e neurotransmissores;
  • Atua na coagulação sanguínea;
  • Armazenamento e transporte de substâncias;
  • Transporte de oxigênio pelo sangue, através da hemoglobina.

As proteínas podem ser separadas em dois grandes grupos de acordo com suas funções:

  • Dinâmicas: essas proteínas participam dos processos metabólicos do organismo. Elas podem agir nos processos de defesa do organismo, enzimáticos e no transporte de substâncias.
  • Estruturais: essas são as proteínas envolvidas na estruturação dos tecidos do ser vivo. O colágeno e a elastina, por exemplo, são importantes proteínas estruturais dos seres humanos.

Alimentos ricos em proteínas

A maioria dos alimentos possui valor nutricional em proteínas, entretanto, uma quantidade maior pode ser encontrada em carnes de todos os tipos, ovos, leite e derivados.

Além disso, os produtos de origem vegetal como feijão, lentilha, soja, quinoa, trigo, ervilhas e brócolis também são boas fontes proteicas.

Proteínas - Alimentos ricos em proteínas
Proteínas – Alimentos ricos em proteínas

Proteínas – Mapa mental

Mapa mental - Proteínas
Mapa mental – Proteínas

Clique aqui para baixar esse mapa mental em PDF!

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.