Como gravar videoaula em casa? Veja as 6 dicas do professor Ney Mello!

As videoaulas podem ser gravadas em casa e com o próprio celular. Para isso veja as dicas, que incluem escolha do ambiente ideal e um bom enquadramento.

0

Com o atual cenário de pandemia do novo coronavírus muitos professores têm que se adaptar para as aulas a distância. Mas nem todos os docentes têm conhecimento das técnicas para colocar isso em prática, não é mesmo?

Portanto, para te ajudar nisso, o professor Ney Mello gravou um vídeo com seis dicas para você produzir o seu conteúdo audiovisual em casa e de forma simples.

Confira as dicas para gravar videoaulas, prepare o seu conteúdo, grave as aulas e envie para os alunos pelas redes sociais ou direto nos grupos do Whatsapp.

 

1. Utilize o seu próprio celular!

O celular é hoje um instrumento de trabalho. Além das ligações, com o dispositivo móvel você pode enviar atividades e até mesmo gravar os seus vídeos.

Não é preciso de muita coisa, mas, se tiver um tripé, use-o. Caso contrário, improvise para conseguir a altura ideal. Na internet você encontra dicas legais para criar um tripé caseiro.

2. Cuidado com a iluminação!

Encontre um lugar com uma boa luz e fique de frente para ela. Nem pense em ficar embaixo dela, ok?

Se não tiver nenhuma luz para auxiliar, a dica é usufruir da iluminação que vem da janela, ou seja, aproveite a luz do dia.

3. Escolha o melhor enquadramento!

O enquadramento é outro ponto essencial na hora de gravar o seu vídeo.

Você não pode ficar nem muito longe e nem muito próximo da câmera. O ideal é deixar a câmera na parte da cintura para cima, no famoso plano médio.

4. Teste o microfone!

Você não é e nem precisa ser um profissional do audiovisual, que possui todos os recursos físicos para a gravação de uma videoaula, como um microfone específico.

Use o que tiver, o seu fone de ouvido, por exemplo, coloque aquela parte de aumentar e abaixar o volume próximo à boca e comece a sua aula.

5. Pense no ambiente de gravação!

O microfone não faz milagres, então é importante pensar em um ambiente propício para a gravação e com o mínimo de ruídos possíveis.

Portanto, escolha o ambiente de gravação mais silencioso, produzindo um conteúdo que os alunos entendam o que você está dizendo.

6. Analise a opção de transmissão ao vivo!

Agora, se você sente falta da interação com os alunos em tempo real, há a opção de transmissão ao vivo. Mas, é claro, se todos tiverem acesso à internet.

As famosas lives podem ser feitas também com fins educativos, por meio das redes sociais Facebook, Instagram ou no YouTube.

*Com informações de Canal Futura

Talvez você possa gostar de:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.