Dinâmicas de RH para entrevistas individuais e em grupo

Apesar de parecer algo sem sentido ou apenas uma brincadeira, as dinâmicas tem o objetivo de unir pessoas em diferentes situações.

0

Ao ser selecionado para uma entrevista de emprego, você participou de alguma dinâmica? Apesar de parecer algo sem muito sentido, as dinâmicas feitas em grupo ou até mesmo de maneira individual, têm o objetivo de unir pessoas em diferente situações.

Além de ter o papel de aumentar o nível de socialização entre as pessoas que estão presentes e dispostas a participar, incentivando-as a expor sua opinião e, assim, promovendo reconhecimento próprio e crescimento pessoal.

Além disso, em casos de empresas que estão contratando novos funcionários, as dinâmicas são essenciais para identificar pessoas com melhores habilidades, e os comportamentos mais adequados para o cargo, por meio de técnicas e simulações. Confira nossas sugestões para dinâmicas de RH.

5 Dinâmicas de RH

Agora que você já sabe que as dinâmicas não são apenas uma brincadeira ou algo para ocupar o tempo do candidato, conheça algumas dinâmicas que podem ser feitas pelo departamento de recursos humanos (RH) das empresas.

Mural técnico

Com a turma dividida em trios, entregue uma cartolina com tesoura, materiais de pintura, revistas e jornais, e peça para que montem um mural explicativo sobre um assunto que receberam (meio ambiente, política, viagens, ecologia, adoção, etc…).

Eles têm 10 minutos para discutir e confeccionar o seu mural. Depois, cada trio deve apresentar o seu trabalho e discutir com o grupo.

O objetivo dessa técnica de quebra-gelo é fazer com que os participantes discutam assuntos gerais em um tempo recorde. Com essa dinâmica pode ser avaliado o trabalho em equipe, criatividade, experiência com prazos e de que maneira eles fazem com que diferentes pontos de vista sejam reunidos em um único trabalho.

Até onde aguenta?

O objetivo é avaliar a perseverança e determinação de cada entrevistado presente, observando como lida com a presença de concorrente. Para colocá-la em prática, será necessário uma bexiga vazia para cada participante.

Os participantes presentes serão colocados todos de pé, em círculo, e receberão uma bexiga vazia. A bexiga deve ser cheia pelos participantes, tendo como ideia que o ar que enche a bexiga é um problema no ambiente de trabalho.

Posteriormente, os participantes devem jogar a bexiga para o alto, e a manter no ar enquanto o mandante da dinâmica pedir. O candidato não deve perder o seu balão, estourar ou deixar cair, e de acordo com que isso for acontecendo, os participantes são retirados, até que as bexigas não consigam se manter no ar.

Após finalizar, deve ser feito o seguinte questionamento: a participação de todos é importante em uma equipe?

Minha identidade

Coloque os participantes sentados em um círculo e entregue uma caneta, um papel e uma fita crepe. Os participantes têm 30 segundos para confeccionar um crachá a ser utilizado durante toda a entrevista.

O objetivo dessa técnica de apresentação não é identificar o crachá que ficou mais bonito, mas sim verificar como os participantes lidam com os desafios, pressão, organização e criatividade.

Conselheiros e aconselhados

Com a turma dividida em dois grupos, os conselheiros e os aconselhados, cada conselheiro recebe uma ficha contendo um perfil de abordagem, autoritário, prestativo, sugestivo, dócil e harmonioso.

Já para o grupo de aconselhados distribua fichas contendo um tópico sobre o qual ele precisaria de ajuda. Forme duplas de conselheiros e aconselhados e cada uma encena o seu pedido e o conselho. Posteriormente, o grande grupo discute sobre as vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de abordagem.

O intuito dessa técnica de integração é trabalhar com a adversidade e inovação, além de saber como os participantes lidam com situações de conflito, podendo traçar um perfil sobre suas características pessoais.

Hora da história

Com a turma dividida em grupos de quatro pessoas, cada grupo recebe uma folha com palavras aleatórias e uma folha em branco. O grupo precisa discutir e escrever uma história que contenha todas as palavras aleatórias (e em ordem) em cinco minutos. Depois disso, cada grupo apresenta a sua história para a turma.

O objetivo dessa dinâmica é identificar o trabalho em equipe, foco, características criativas e raciocínio lógico.

Você também pode se interessar:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.