Dinâmicas para roda de conversa

Dinâmicas em rodas de conversa têm o potencial de promover a socialização e também aprimorar a integração dos participantes.

0

Dinâmicas em grupos são ótimas formas de quebrar o gelo, promover a interação entre colegas e tornar o clima mais leve, ou seja, trata-se de uma maneira
simples e eficaz de promover a socialização e também a compreensão mútua dos diferentes perfis dos integrantes.

Uma roda de conversa entre amigos, familiares ou até mesmo no ambiente de trabalho, pode ser a ocasião ideal para aplicar esse tipo de atividade. Pensando nisso, sugerimos 4 dinâmicas para roda de conversa para serem aplicadas nessa circunstância. Veja a seguir:

Dinâmica da amnésia

Materiais necessários:
Canetas e etiquetas.

Essa dinâmica é indicada para um grupo que ainda não se conhece. Funciona da seguinte forma:

  1. O líder deve distribuir as canetas e as etiquetas entre os participantes;
  2. Cada um deve escrever o nome de uma pessoa famosa na etiqueta sem mostrar aos demais participantes;
  3. Em duplas, peça para o participante colar sua etiquete na testa do colega, sem que este veja o que está escrito. Agora, cada pessoa passa a representar a pessoa famosa escrita na etiqueta, como se houvesse se esquecido de quem é;
  4. O objetivo é adivinhar quem você é (de acordo com o papel grudado na testa), fazendo perguntas referentes a sua vida. (Ex: Eu sou um cantor de rock? Eu sou brasileiro?) Mas atenção, as respostas só podem ser sim ou não.

Dinâmica da apresentação

Materiais necessários:
Bola

Essa dinâmica é destinada para apresentação de pessoas de um grupo de até 15 participantes. Para aplicar, basta seguir os seguintes passos:

  1. Os participantes devem ficar posicionados de pé e em um círculo, de forma que elas consigam ver a todos os outros participantes;
  2. A bola deve começar com um participante, este deverá fazer uma pergunta e jogar a bola para outro participante;
  3. As perguntas podem abordar diversas temáticas. Exemplos: nome, profissão, com o que atua hoje, um ponto forte, um defeito etc;
  4. Quem recebe a bola deve responder a pergunta feita e fazer outra pergunta na sequência, jogando a bola para outro integrante e assim sucessivamente. O objetivo é promover o conhecimento e a aproximação dos integrantes.

Auto-avaliação do grupo

Materiais necessários:
Papel e caneta

Essa dinâmica é voltada para equipes que trabalham juntas. Para realizar, é preciso:

  1. Cada integrante deve escreve em um papel os pontos negativos e positivos de trabalhar com aquela equipe. A revelação dos papéis será feita de maneira anônima, deixe isso claro aos participantes.
  2. Recolhem-se os papéis e se redistribuem de forma aleatória entre os participantes;
  3. Cada integrante fica com um papel de um colega e o lê em voz alta;
  4. Após isso, a equipe deve discutir e propôs possíveis soluções aos pontos negativos. Assim, o objetivo é manter os pontos positivos e solucionar os negativos.

Exercício de criatividade

Materiais necessários:

Não é necessário nenhum tipo de material para essa dinâmica.

  1. Separe o grupo em equipes de 4 ou 5 pessoas.
  2. O líder deve propor um problema para eles solucionarem em conjunto.

Por exemplo: trabalhe com a hipótese de que a empresa recebeu uma reclamação sobre o seu serviço. Assim, o grupo precisa criar uma ação para responder o cliente insatisfeito. Então, ofereça de 20 a 30 minutos para o grupo trabalhar e criar essa solução.

3. Após reunidos e terem discutido suas ideias, a equipe deverá apresentar sua solução, enquanto os avaliadores e o restante das equipes devem fazer perguntas              para ver a reação de cada colaborador. Podem ser feitas, perguntas do tipo: Quem toma as iniciativas?  Quem possui uma boa postura e lidera o grupo?

Assim, a dinâmica permite a promoção do trabalho em grupo, bem como a identificação de perfis de liderança.

Veja também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.