História do voleibol no Brasil

O Brasil é conhecido como um dos melhores países no esporte. Confira a história de como ocorreu esse crescimento do voleibol no Brasil!

0

O voleibol é o segundo esporte mais jogado no Brasil, atrás somente do futebol. Com início da prática no começo do século XX, hoje, os atletas brasileiros carregam muitas vitórias.

Com o alto desempenho que as seleções nacionais vêm tendo nas últimas décadas, o Brasil já ocupou o primeiro lugar no ranking da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) nas duas modalidades – feminina e masculina.

Confira a história do voleibol no Brasil.

História do voleibol no Brasil

Apesar de ser difícil saber exatamente como o vôlei começou a ser praticado no Brasil, há relatos de que a primeira partida foi em 1915, no Colégio Marista de Recife.

Assim, começou a ganhar notoriedade em 1916 e 1917 pela Associação Cristã de Moços de São Paulo. Em 1923, o Fluminense foi o primeiro clube brasileiro profissional no esporte.

No mesmo ano, o clube foi responsável pelo torneio aberto para os membros da Liga Metropolitana de Desportos Terrestres em sua sede. Foi no mesmo local que ocorreu a 1ª edição do Campeonato Sul-Americano de Voleibol Masculino em 1951.

Também ocorreu a 1ª edição do Campeonato Sul-Americano de Voleibol Feminino. Ambos tiveram vitórias do Brasil.

Em 1947, foi fundado a Federação Internacional de Voleibol (FIVB), tendo o Brasil como um dos países fundadores.

Assim, nas décadas de 50 e 60, o esporte era praticado somente pelas elites brasileiras e com pouco contato com potências mundiais. Dessa forma, foi somente em 1956 que a seleção conheceu os fundamentos da manchete, no Campeonato Mundial de Voleibol Masculino.

Apesar do crescimento, o esporte era considerado feminino por não ter muito contato e violência. Esse cenário começou a mudar em 1975 com o novo presidente da Confederação Brasileira de Voleibol, Carlos Arthur Nuzman.

Graças ao incentivo do então presidente, o esporte ganhou ainda mais notoriedade, o que possibilitou a chamada Geração de Prata.

Geração de Prata

Nuzman acreditava que o Brasil deveria implementar as práticas da Itália e do Japão no esporte. Assim, com o aumento do desempenho e profissionalismo, em 1984, a Geração de Prata ganhou a primeira medalha olímpica.

A partir disso, o esporte ganhou mais investimento e incentivo.

Geração das Musas

Com as jogadoras como Isabel, Vera Mossa, Dulce, Regina Uchôa e Jaqueline, também na década de 80, o voleibol feminino ganhou atenção nacional.

Confederação Brasileira de Voleibol

No dia 16 de agosto de 1954 foi fundada a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Até esse momento, o voleibol brasileiro era ligado à Confederação Brasileira de Desportos (CBD).

A CBV foi responsável por promover cursos para difundir o esporte, assim como pelas criações de escolas de vôlei.

O primeiro presidente da Confederação foi o ex-jogador Denis Rupet Hathaway, que ocupou o cargo de 1955 a 1957. Até hoje, a CBV é a responsável pelo apoio e crescimento do esporte no Brasil.

Medalhas da Seleção Brasileira de Voleibol Masculino

Voleibol Nacional
Medalhas da seleção brasileira de voleibol (Fernando Frazão/Agência Brasil).

A atual Seleção Brasileira de Voleibol Masculino é considerada uma das melhores do mundo. Assim, o legado vem sendo construído através das gerações.

A seleção masculina possui dois recordes mundiais de público. Em 1983, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, 95.887 pessoas viram O Grande Desafio de Vôlei – Brasil X URSS. A partida foi amistosa e o Brasil derrotou a então campeã olímpica e mundial, União Soviética, por 3-1. Esse recorde foi absoluto.

Em 1995, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte, foi batido o recorde de público numa partida indoor. O ginásio foi superlotado com 25.326 torcedores para ver a Itália ganhar do Brasil por 3-2.

Além disso, a seleção é tricampeã mundial (1992, 2004 e 2016) e ganhou seis medalhas olímpicas, sendo três de ouro e três de prata.

Medalhas da Seleção Brasileira de Voleibol Feminino

Já a seleção feminina possui quatro medalhas olímpicas: duas de ouro conquistadas em Pequim (2008) e Londres (2012) e duas de bronze conquistadas em Atlanta (1996) e Sydney (2000).

Nos Jogos Pan-Americanos, a seleção feminina possui quatro medalhas de ouro (1959, 1963, 1999 e 2011), três de prata (1991, 2007e 2015) e duas de bronze (1955 e 1979).

Melhores atletas de voleibol do Brasil

O Brasil é conhecido pela excelência dos jogadores. Entre eles, há os destaques.

Na categoria feminina:

  • Tiffany Abreu
  • Jaquelline Carvalho
  • Sheila Castro
  • Ana Moser
  • Fernanda Venturini

Na categoria masculina:

  • Bernardo Rocha de Rezende (Bernardinho)
  • Ricardo Lucarelli
  • Wallace de Souza
  • Gilberto Amauri (Giba)
  • Renan Dal Zotto

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.