História do voleibol

Apesar de ser amplamente praticado pelo mundo, o vôlei é um esporte jovem. Confira a história do voleibol!

0

O Brasil é um país que ama o vôlei, visto que ele é o segundo mais jogado do país. Com fama mundial de alto desempenho, o brasileiro conquistou notoriedade nesse esporte.

Com isso, é comum essa prática nas aulas de Educação Física e entre amigos no final de semana, mas nem todos conhecem a história do voleibol.

Em comparação com esportes como atletismo, boxe, luta profissional e hóquei, o vôlei é extremamente novo na sociedade.

História do voleibol

William George Morgan, inventor do Voleibol
William George Morgan, inventor do Voleibol

O vôlei foi criado em 1895 por William George Morgan, o então chefe de Educação Física na Associação Cristã de Moços (ACM), em Massachusetts.

Inicialmente chamado de mintonette, o esporte foi pensando para evitar lesões entre os jogadores. Além disso, o basquete foi criado apenas quatro anos antes e estava na moda, mas era muito cansativo para idosos.

Como não havia bola própria, Morgan encomendou uma na A.G. Spalding & Brothers. Visto que o jogo era invenção do diretor, ele só difundiu pela cidade após uma demonstração um ano mais tarde.

Assim, o Dr. A.T. Halstead sugeriu uma mudança de nome para volleyball, uma vez que volley é a ação de acertar a bola antes que caia no chão.

Dessa forma, o vôlei começou a ganhar fama e, em 1900, o esporte chegou ao Canadá. Já em 1908, foi introduzido na China e no Japão.

Na América do Sul, o primeiro país a praticar o voleibol foi o Peru, em 1910, com um programa de enriquecer a educação.

Quadra de voleibol

Quadra de voleibol

A primeira quadra de voleibol tinha 15,24 m de comprimento por 7,62 m de largura e a rede tinha a largura de 0,61 m. O comprimento da rede era de 8,23 m e a altura de 1,98 m.

A primeira bola era feita de uma camada de borracha coberta de couro ou lona de cor clara e tinha circunferência de 63,7 a 68,6 cm. Já o peso era de 252 a 336 g.

Federação Internacional de Voleibol

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) foi fundada no dia 20 de abril de 1947, em Paris.

O primeiro presidente foi o Paul Libaud e os países fundadores foram Brasil, Egito, França, Holanda, Hungria, Itália, Polônia, Portugal, Romênia, Tchecoslováquia, Iugoslávia, Estados Unidos e Uruguai.

Campeonato de voleibol

O primeiro campeonato de vôlei ocorreu em Praga, na Tchecoslováquia, em 1949, vencido pela Rússia. O esporte foi admitido como esporte olímpico em setembro de 1962, no Congresso de Sofia. A primeira disputa foi na Olimpíada de Tóquio, em 1964.

No evento, estavam disputando Japão, Romênia, Rússia, Tchecoslováquia, Bulgária, Hungria, Holanda, Estados Unidos, Coreia do Sul e Brasil. O primeiro campeão olímpico masculino foi a Rússia, com a Tchecoslováquia em segundo. A medalha de bronze ficou com o Japão.

Já na modalidade feminina, o Japão levou o ouro, com a Rússia em segundo e Polônia em terceiro.

Leia também: Fundamentos do voleibol

História do voleibol no Brasil

Geração de prata - vôlei brasileiro
Geração de prata – Vôlei brasileiro

A origem do vôlei no Brasil ocorreu em 1915 em Recife, no Pernambuco. Apesar de ter o início masculino no restante do mundo, no Brasil, o esporte foi introduzido por homens, mas era considerado feminino.

Em 1954, foi fundado a Confederação Brasileira de Voleibol, responsável pelo vôlei brasileiro.

Hoje, o Brasil está entre as melhores seleções de vôlei do mundo, sendo o único a possuir medalhas de ouro nas modalidades masculinas e femininas no vôlei de quadra e vôlei de praia.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.