O que é VPN? Veja como funciona, vantagens e como criar

Serviço garante mais segurança para usuários comuns e empresas que adotam o trabalho remoto.

VPN é a sigla em inglês para Virtual Private Network, cuja tradução é “rede privada virtual”. Como o próprio nome sugere, trata-se de uma rede privada, que é construída a partir de uma rede pública.

Desta forma, é possível fazer uma conexão remota entre dois computadores, em localizações distintas, por meio da internet.

Esse tipo de rede também possibilita o tráfego de dados em segurança. Assim, ele protege apenas as informações que entram e saem da rede, mas não necessariamente o dispositivo.

Desta forma, é possível transmitir até dados sigilosos e protegidos, e ainda que cibercriminosos consigam interceptá-los, não terão acesso a eles.

Vantagens da VPN

Confira as vantagens de uma rede VPN, tanto para uso pessoal quanto corporativo:

  • É mais acessível, uma vez que é possível se conectar à internet em qualquer lugar do mundo;
  • Os dados transmitidos por esse tipo de rede são criptografados, o que garante um maior nível de confiabilidade, segurança e integridade das informações.
  • Apresenta custos mais baixos que outras formas de conexão;
  • Pode ser utilizada por empresas que adotam o trabalho remoto ou regime de home office, permitindo o acesso à rede organizacional mesmo a distância;
  • Também pode beneficiar usuários individuais, que utilizam esse tipo de tecnologia para montar redes privadas virtuais. Um exemplo dessa aplicação é permitir o acesso a sites proibidos em determinados países por questões políticas.

VPN é seguro?

Depende. Qualquer tipo de programa ou aplicativo tem opções seguras e confiáveis, enquanto outras são oferecidas por desenvolvedores mal-intencionados.

Por isso, é fundamental pesquisar bastante antes de instalar o software. Dê preferência às opções mais conhecidas e bem avaliadas nas lojas de aplicativos.

Como criar uma rede VPN?

Para criar uma rede VPN, é necessário ter dois ou mais computadores conectados à internet. Em seguida, basta instalar um software de gerenciamento de VPN em cada equipamento da rede.

Para utilizar o serviço, o usuário deve acessar a internet normalmente, e depois se conectar ao servidor VPN.

Como seu funcionamento depende da internet, é fundamental que a conexão seja de qualidade e com boa velocidade. Com uma internet lenta e instável, podem ocorrer problemas técnicos ao enviar grandes quantidades de tráfego, por exemplo.

Leia também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More