Quem foi Abraão?

Abraão é o primeiro entre os patriarcas bíblicos, pai de Ismael e Isaac. Conheça mais sobre a história de Abraão e dos seus filhos.

0

Abraão é um dos grandes personagens bíblicos, sendo o primeiro dos patriarcas bíblicos e origem principal do monoteísmo, judaísmo, cristianismoislamismo.

Assim, Abraão é uma das principais pessoas já citadas no livro bíblico. Ele foi o escolhido por Deus para deixar sua cidade natal e ir para a terra escolhida.

História de Abraão

Abraão era um dos filhos de Terah, 20 gerações depois de Adão e 10 depois de Noé. Foi o primeiro dos patriarcas bíblicos, nascido em Ur, antiga cidade-estado da Suméria.

Na Bíblia, é contada a história de que Abraão recebeu uma revelação de Deus para que ele chefiasse os povos semitas e migrasse para a terra escolhida.

A terra prometida é Canaã, terra dos hebreus, atualmente localizada no Estado de Israel, conhecida como Palestina.

Após receber o chamado de Deus, Abraão deixou Ur e partiu com sua esposa, Sara, seu sobrinho, filho de Harã, e alguns parentes em busca da terra prometida.

Ao longo do caminho, depois de alguns anos de migração, alguns dos seus familiares se firmaram em uma terra, que seria chamada de Harã.

Abraão seguiu para Canaã com sua esposa e sobrinho. Ao chegar na terra prometida, lá permaneceram até a região ser atingida por um período extremo de fome.

Por isso, Abraão se dirigiu para o Egito, onde ficou até construir sua fortuna. Tempos depois, voltou para Canaã e renovou suas promessas e se separa do sobrinho Ló.

Ló parte para outras terras, instalando-se em uma região próxima a Sodoma e Gomorra. Entretanto, Ló é aprisionado pelos reis mesopotâmicos e Abraão parte para ajudá-lo.

Ao resgatar Ló e derrotar os soberanos, Abraão ocupa essa região, ao sul de Canaã.

Filhos de Abraão

Sua esposa Sara se revela estéril e oferece a Abraão sua serva egípcia, Agar, com quem ele tem seu primeiro filho, Ismael. Porém, muitos anos depois, Sara consegue engravidar de Abraão e nasce seu segundo filho, Isaac.

Segundo a Bíblia, Deus testa a fé do patriarca e o pede para sacrificar seu filho mais velho. Prestes a cumprir a tarefa, um anjo segura a mão de Abraão e o impede de matar seu filho, libertando-o da promessa e se provando fiel.

Sara morre aos 127 anos de idade, sendo enterrada na Cova de Macpela, sudoeste da Cisjordânia, no coração da antiga Judeia.

Após a morte de sua esposa, Abraão se casa com Quetura, dando origem a outros 6 filhos.

Abraão morre aos 165 anos de idade e também é enterrado em Macpela, ao lado de Sara.

Após a morte do pai, os filhos partem novamente para o Egito, após outro período de fome atingir Canaã. No Egito, eles são transformados em escravos por um período de 400 anos.

Somente com Moisés, o escolhido por Deus para libertar os hebreus, eles são libertos e guiados por outros 40 anos até a chegada e reconquista da terra prometida.

Descendentes de Abraão

Ismael, o filho primogênito de Abraão deu origem a sua descendência, formando os ismaelitas, povo do qual descenderam os árabes.

Isaac, filho de Abraão e Sara, gerou dois filhos, Esaú e Jacó. Os dois não possuíam uma boa relação, o que fez com que Jacó fugisse para não ser morto.

Jacó teve 12 filhos, cada um originou uma tribo e posteriormente criaram a nação do povo hebreu. Por isso, afirma-se que os descendentes de Abraão deram origem aos povos árabes.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.