Pele humana

A pele é o órgão responsável por revestir todo o corpo. Vamos conhecer mais sobre ela?


Você sabia que a pele é o maior órgão do corpo humano? Ela é o órgão que compõe o tecido epitelial que reveste nosso corpo.

A pele é a responsável por proteger, secretar substâncias, receber e transmitir sinais do meio externo. Além disso, a pele auxilia no controle térmico do corpo e na elaboração de metabólitos.

As células da pele são justapostas, ou seja, alinhadas uma ao lado da outra e muito unidas. Por conta disso, elas têm pouca substância intercelular.

Camadas da pele humana

A pele humana, apesar de parecer um tecido denso e único, é constituída por três camadas: derme, epiderme e hipoderme.

Pele humana - Camadas da pele
Pele humana – Camadas da pele

Epiderme

A epiderme é a camada mais externa da pele composta por um epitélio de revestimento que é um tecido pavimentoso, estratificado e queratinizado.

Isso implica dizer que a epiderme é um tecido composto por muitas camadas de células que possuem diferentes formatos e funções.

A camada epidérmica não possui vasos sanguíneos e nervos, a espessura varia conforme a região do corpo em que ela está.

Somente as células da superfície da epiderme são achatadas e cobertas por queratina. Essa queratina é produzida por células chamadas de queratinócitos ou ceratinócitos que ficam na camada basal.

Camadas da epiderme

Na camada basal existe alta reposição de células, produzidas por mitose. Essa camada é composta pelos melanócitos e pelas células de Merkel.

Os melanócitos produzem o pigmento que dá cor a pele, chamado de melanina. As células de Merkel são células especializadas em perceber estímulos do meio ambiente e encaminhar até as fibras nervosas.

As células da camada espinhosa possuem desmossomos e prolongamentos que as deixam muito unidas. Associadas a essa camada existem as células de Langerhans que auxiliam a detectar agentes invasores e alertam o sistema imunológico.

A camada granulosa é composta por ceratinócitos achatados que assumem a forma cúbica e ficam repletos de grânulos de queratina que ocupa espaços intercelulares.

A camada córnea fica na superfície do corpo, ela é constituída por células mortas, achatadas e queratinizadas. A cada 3 meses, no máximo, a parte mais externa dessa camada sofre descamação e é substituída.

Derme

A derme é uma camada de tecido conjuntivo densa composta, principalmente, por colágeno. Além dele, também são encontrados nela glicoproteínas e fibras do sistema elástico.

Essa é a camada que confere elasticidade e flexibilidade a pele. Ela pode ser dividida em duas partes: camada papilar e camada reticular.

A camada papilar é a parte que está em contato com a epiderme, possui inúmeras papilas dérmicas que são encaixadas nas reentrâncias da epiderme.

A camada reticular possui muitas fibras elásticas, vasos sanguíneos, vasos linfáticos e terminações nervosas. Nessa camada também são encontradas glândulas sebáceas e sudoríparas.

Hipoderme

A hipoderme é uma camada localizada abaixo da derme, ela é composta por tecido conjuntivo frouxo rico em fibras e células adiposas que armazenam lipídios.

A camada de gordura formada pelas células adiposas funciona como uma reserva de energia e também como isolante térmico para o corpo humano.

Estruturas anexas da pele

Pele humana - Estrutura anexas da pele
Pele humana – Estrutura anexas da pele

Glândulas sebáceas

As glândulas sebáceas produzem e liberam sebo no canal do folículo piloso. Possui distribuição desigual no corpo humano. Elas formam uma barreira de substâncias lipídicas que impedem a perda excessiva de água.

Glândulas sudoríparas

As glândulas sudoríparas estão localizadas na derme, mas são formadas por células epidérmicas. Podem ser écrinas ou apócrinas.

As glândulas écrinas liberam suor diretamente pelos poros, elas regulam a temperatura corporal através da transpiração. As apócrinas eliminam substâncias dentro do canal do folículo, acredita-se que elas estejam relacionadas às funções dos feromônios.

Pelos

Os pelos são formados no folículo piloso, são células compactadas e queratinizadas. Eles estão rodeados de nervos sensoriais que conferem sensibilidade a eles. Também são relacionados ao músculo eretor de pelo, glândulas sebáceas e sudoríparas.

Unhas

As unhas estão nas extremidades dos dedos das mãos e dos pés, começam a crescer pela raiz que fica dentro da pele, onde as células se multiplicam e vão emergindo. Depois que estão expostas, as células das unhas já estão mortas, achatadas e queratinizadas.

Receptores sensoriais

Os receptores sensoriais são terminações nervosas que podem ser encapsuladas ou livres e associadas a células epiteliais.

Eles são os responsáveis por captar estímulos do meio ambiente e podem ser de sete tipos diferentes, como os discos de Merkel, corpúsculos de Meissner, corpúsculos de Paccini, corpúsculos de Ruffini, bulbos de Krause, terminações dos folículos pilosos e terminações nervosas livres.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More