Povos indígenas no Brasil

Conheça algumas características dos povos indígenas no Brasil!


Antes da chegada dos portugueses ao território brasileiro, os povos indígenas no Brasil eram bastante numerosos, as aldeias eram grandes e suas moradias eram movimentadas.

Viviam cerca de 3 a 5 milhões de indígenas no país. Destes, atualmente, apenas 817 mil nativos restaram agrupados em 231 povos, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conhecendo os povos indígenas

Cada povo indígena possui sua própria cultura, isto é, crenças, língua e a sua maneira de pensar, trabalhar e se relacionar com a natureza e outros povos.

Com isso, é importante ter em mente que existem várias etnias, cada uma com as suas particularidades.

cultura indígena marcou intensamente nosso modo de ser, influenciando nossos hábitos e língua. No entanto, pouco sabemos sobre sua contribuição para a história e a cultura de nosso país.

Agora, vejamos algumas diferenças e semelhanças entre os povos indígenas:

Diferenças

Algumas diferenças que podem ser apontadas são os traços físicos e a língua falada.

Há cerca de 180 línguas indígenas faladas no território brasileiro. Os dois troncos linguísticos principais no Brasil são o Tupi e o Macro-Jê.

Semelhanças

Existem alguns traços comuns que os diferenciam das pessoas não indígenas. O primeiro que será citado é o domínio da terra. Para os povos indígenas, a terra é das pessoas que vivem nas aldeias.

Enquanto um grupo de indivíduos estiver trabalhando em uma área, tudo o que for produzido ali, incluindo a própria terra, lhe pertence.

Com isso, a posse da terra se torna coletiva. Diferentemente do que ocorre na sociedade capitalista, em que a terra, na maioria das vezes, é uma mercadoria que serve parar gerar riqueza.

Os serviços são divididos de acordo com a força e a capacidade do indivíduo. Assim, algumas tarefas são desempenhadas pelos homens e outras pelas mulheres, idosos e crianças.

Divisão de trabalho – Tarefas femininas

As tarefas femininas consistem em:

  • Fazer cestos, vasos e artigos utilizados em festas e rituais;
  • Plantar e colher;
  • Colher frutos;
  • Preparar alimentos;
  • Produzir farinha;
  • Transportar produtos.

Divisão de trabalho – Tarefas masculinas

Já as tarefas masculinas se concentram em:

  • Caçar e pescar;
  • Derrubar a mata e preparar o solo para a plantação;
  • Garantir a segurança da aldeia;
  • Construir moradias, canoas e armas.

Crianças indígenas

As crianças indígenas vivem, não somente com a mãe e o pai, mas com toda a família.

De acordo com Aracy Lopes da Silva (1998), o lugar das crianças pequenas, nas aldeias, é sempre perto da mãe.

Além disso, ela afirma que: “A vida das crianças acontece num cenário ‘de verdade’. […] De verdade e não de ‘mentirinha’. Cozinham mesmo, caçam mesmo, coletam mesmo, transportam mesmo os produtos colhidos na roça. […]”.

Adolescentes indígenas

A mesma autora, ao se referir à adolescência indígena, diz que: “Do ponto de vista individual, é o tempo de vivenciar grandes transformações no corpo, ampliar […] seus relacionamentos com outras pessoas, começar a conhecer a sabedoria do seu povo, ter os primeiros amores, começar a participar […] da vida social […]”.

Adultos indígenas

Para Aracy Lopes da Silva, “ser adulto significa também poder ter cargos e funções especiais. Podem estar ligados aos rituais: o cantador (aquele que ‘puxa’ os cantos), o tocador de alguns instrumentos, o ‘mestre de cerimônia’, a pessoa encarregada de representar um personagem determinado numa cerimônia”.

Nomes de povos indígenas no Brasil atual

Existem dezenas povos indígenas no Brasil. Alguns deles são:

  • Guajajara
  • Xavante
  • Ianomami
  • Pataxó
  • Guarani
  • Macuxi
  • Potiguara
  • Caingangue
  • Ticuna
  • Terena

Herança cultural indígena

A herança cultural indígena é bastante vasta! Podemos citar:

  • Uso de várias ervas medicinais;
  • Rede de dormir;
  • Uso da mandioca, milho, guaraná e frutos;
  • Adoção da técnica de queimar o solo antes de plantar;
  • Palavras indígenas como: tapioca, arapuca, beiju;
  • Nomes próprios: Iara, Kauara, Cauã, Kauana, Jussara, Jacira;
  • Nomes de cidades: Itu, Itapetininga, Taubaté.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More