Tríplice Entente

A Tríplice Entente foi uma aliança política, econômica e militar feita entre a Inglaterra, Rússia e França em 1907.

0

O que foi a Tríplice Entente? A Tríplice Entente foi uma aliança militar feita entre a França e os Impérios Britânico e Russo, no início do século XX, em 1907.

O intuito era combater a política expansionista da Tríplice Aliança, outro bloco composto pelos Impérios Italiano, Austro-Húngaro e Alemão, desde 1882.

Ambas as alianças dividiam a Europa em dois grandes blocos, com um sistema baseado em um acordo político, militar e econômico.

Com fins diplomáticos, tanto a Tríplice Entente quanto a Tríplice Aliança protegiam seus pares de possíveis ataques inimigos.

Tríplice Entente – Resumo

Os anos anteriores à Primeira Guerra Mundial não se caracterizaram por nenhum enfrentamento entre os países europeus.

Entretanto, as principais nações envolvidas nas disputas imperialistas iniciaram uma corrida armamentista no final do século XIX e início do XX.

Por isso, os armamentos bélicos passaram por grandes avanços nesse período. As possessões coloniais fixadas nos continentes africano e asiático sofreram com os testes dessas armas que eram utilizadas pela Inglaterra e França para conter as rebeliões em suas colônias.

Visando seu enriquecimento, a Alemanha e Itália entraram na disputa da corrida bélica, visando conquistar novos domínios que correspondessem às suas ambições.

A facilidade do acesso a armamentos mais potentes não foi a principal causa da Primeira Guerra Mundial, mas caracterizou o cenário do conflito.

É nesse contexto que se insere a criação da Tríplice Entente. O acordo entre a França e os Impérios Britânico e Russo polarizou as principais potências europeias.

O período anterior à Primeira Guerra é conhecido como “paz armada”. É caracterizado pelo desenvolvimento da indústria bélica das principais nações europeias e pelo aumento das tensões entre essas potências.

Durante esse período o setor armamentista recebeu altos investimentos devido aos conflitos nacionalistas e imperialistas que ocorriam entre os países europeus. Assim como o exército foi impulsionado por eles.

Com isso, a indústria bélica se desenvolveu consideravelmente, produzindo tecnologias jamais vistas.

Havia, então, um equilíbrio diplomático que poderia ruir a partir de um pequeno embate que justificasse uma luta direta entre os dois blocos.

Foi então que, em 1914, iniciou-se a Primeira Guerra Mundial, despertando rivalidades há muito tempo alimentadas.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.