Al-Qaeda

A Al-Qaeda é uma organização terrorista criada por Osama Bin Laden.

0

O que é Al-Qaeda? Al-Qaeda é um nome árabe que significa “A Base”. Criada por Osama Bin Laden no ano de 1988, essa é uma organização terrorista integrada por fundamentalistas islâmicos e árabes que possui duas formas de atuação, o terrorismo (bombas e sequestros) e o jihadismo (luta armada).

Ataques de 11 de setembro

Os ataques de 11 de setembro de 2001 aos Estados Unidos são considerados os atos mais violentos praticados por essa organização terrorista. Foi a partir de então que ela começou a ser conhecida mundialmente.

Os atentados atingiram as Torres Gêmeas (World Trade Center), em Nova York, e o Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, situado em Washington, DC.

Quatro aviões foram selecionados pelos terroristas para atingirem os alvos. Contudo, um dos voos caiu antes de atingir o Capitólio. Dois atingiram as Torres Gêmeas e o outro avião, o Pentágono.

Tais atentados consistiram no sequestro de aviões comerciais que foram lançados contra os locais citados, provocando milhares de mortes. Além de desfalcar os cofres americanos em cerca de 90 bilhões de dólares.

Os ataques de 11 de setembro foram inseridos dentro do conceito de jihad, comumente conhecida como uma guerra santa travada contra os inimigos da religião muçulmana.

Esse foi o primeiro grande ataque praticado contra os EUA depois do ataque japonês à base naval de Pearl Harbor, em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial.

Morreram quase três mil pessoas, somando as que estavam nas Torres Gêmeas, Pentágono e nas aeronaves (incluindo os terroristas).

Um dos motivos desses ataques terroristas foi o extremismo de Bin Laden e de seus adeptos. Eles consideravam os EUA um país inimigo devido a forte presença de tropas americanas no Oriente Médio.

Até a Guerra do Golfo, a relação de Osama Bin Laden com os americanos era amigável. A partir de 1990, o cenário muda.

Nesse ano, o Kuwait foi invadido pelo Iraque e a família real se abrigou na Arábia Saudita. Tal situação estremeceu a relação entre os iraquianos e o sauditas que começaram a suspeitar de uma possível invasão dos iraquianos em seus territórios.

Bin Laden ofereceu sua organização Al-Qaeda para proteger o território, contudo, os sauditas preferiram a proteção dos norte-americanos. Bin Laden se sentiu ofendido, pois ansiava proteger o solo considerado sagrado (Arábia Saudita). Assim nasceu a repulsa dele pelos Estados Unidos.

Osama Bin Laden foi expulso da Arábia Saudita e se refugiou no Sudão e depois no Afeganistão, local onde os ataques do dia 11 de setembro de 2001 foram organizados pela Al-Qaeda.

Veja mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.