Consequências da Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial (1939-1945), foi um conflito de escala mundial, que deixou mais de 45 milhões de mortos.

0

A Segunda Guerra Mundial foi um conflito que envolveu as principais potências do mundo, organizadas em dois grupos: os Aliados e o Eixo.

Ficou marcada pelo uso de bombas atômicas, campos de concentração que dizimaram milhares de pessoas e pela redefinição do equilíbrio de poder mundial.

Consequências da Segunda Guerra Mundial

A maior consequência da Segunda Guerra Mundial foram os milhares de soldados e civis mortos durante o conflito. De acordo com algumas estimativas, a guerra deixou 35 milhões de feridos, com a maior quantidade registrada na União Soviética (URSS), com 20 milhões de mortos.

Países como a Polônia e a Alemanha deixaram mais de 5 milhões de mortos. Já no Japão, morreram cerca de 1,5 milhões de pessoas. Além disso, um número exorbitante de 6 milhões de judeus foram mortos em escala industrial, no massacre que ficou conhecido como Holocausto.

O extermínio dos judeus fazia parte de um projeto de Hitler (1889-1945), chamado de Solução Final, que nada mais era do que um plano nazista de eliminação dos judeus na Europa, por meio, principalmente, dos campos de concentração.

No mundo, estima-se um total de 45 milhões de mortes causadas pela Segunda Guerra Mundial.

Em 1945 surge a Organização das Nações Unidas (ONU), que reuniu diversos países com o objetivo de assinar a Carta das Nações Unidas. Essa carta permitia que a organização interviesse em possíveis conflitos que pudessem gerar guerras. Com isso, sua principal função é manter a paz mundial.

Consequências econômicas da Segunda Guerra Mundial

Estima-se que o conflito tenha custado aos cofres europeus, cerca de 1 trilhão e 385 bilhões de dólares. Do total, 21% saiu dos cofres americanos, 13% da União Soviética e 4% do Japão.

Os investimentos dos governos dos países envolvidos no conflito foram direcionados para a guerra, deixando as outras áreas de lado, o que acabou gerando intensos problemas sociais. Dessa forma, tais países envolvidos acumularam as mais variadas perdas materiais. Principalmente no que diz respeito à produção industrial.

Contudo, para os Estados Unidos, pode-se afirmar que o saldo da guerra tenha sido positivo. Ele saiu da guerra fortalecido economicamente, ocupando uma posição imperialista. Ele não foi atacado em nenhum dos conflitos da Segunda Guerra, com isso, não precisou direcionar recursos para a sua reconstrução.

Consequências geopolíticas da Segunda Guerra

Como resultado da Segunda Guerra, novos países surgiram e outros tiveram suas fronteiras modificadas.

Portugal e Espanha, até meados dos anos 50, vivem ditaduras, se isolando de relações internacionais (Portugal, com Salazar e Espanha, com Franco).

A Áustria se torna um país independente. Na Romênia, Bulgária, Itália, Iugoslávia e Hungria passam a vigorar o regime republicano.

Países que antes integravam a União Soviética, como a Polônia, Tchecoslováquia e Hungria passam ao âmbito de influência soviética. Já os demais países da URSS, passam a conviver com a social-democracia.

Alemanha

Como consequência da Guerra, a Alemanha:

  • Democratizou;
  • Desarmou;
  • Desmilitarizou; e
  • “Desnazificação” (abandonou o regime nazista).

Líderes nazistas foram julgados pelo Tribunal Militar Internacional de Nuremberg. Tais julgamentos duraram cerca de nove meses, condenando alguns nazistas a morte, a penas de prisão com tempo determinado ou perpétua.

Os oficiais mais expressivos e importantes para o regime nazista foram enforcados e outros condenados à prisão perpétua.

O país foi dividido em duas partes:

  • República Democrática Alemã (RDA): Conhecida como Alemanha Oriental (capital em Bonn), com um regime socialista, influenciado pela União Soviética.
  • República Federal Alemã (RFA): Conhecida como Alemanha Ocidental (capital em Berlim), continuou com o regime capitalista, influenciado pelos Estados Unidos.

Na cidade de Berlim – socialista – foi construído o Muro de Berlim, considerado o símbolo da divisão ideológica do mundo.

Tal divisão fez o país acomodar tropas americanas e soviéticas.

Japão

O país sofreu fortes consequências com o resultado da Guerra, como:

  • O ataque a Hiroshima e Nagasaki;
  • Reduzir suas Forças Armadas;
  • Reconhecer a independência da Coreia;
  • Devolver as ilhas Curilas à URSS.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.