Fases da Primeira Guerra Mundial

Confira as fases da Primeira Guerra Mundial!


A Primeira Guerra Mundial ocorreu de 1914 a 1918, tornando-se um dos principais conflitos do século XX.

O continente europeu foi o cenário para o desenrolar deste conflito que arrasou diversas regiões, matou milhares de pessoas e deixou outras tantas feridas.

De acordo com alguns historiadores, a causa da Primeira Guerra se deveu ao expansionismo, à corrida armamentista, à exploração imperialista na Ásia e África e à política de alianças.

O estopim da guerra se deu a partir do assassinato do arquiduque da Áustria, Francisco Ferdinando. É fundamental destacar que tal episódio não foi o fator preponderante para a eclosão do conflito.

O assassinado do arquiduque austríaco representou a fragilidade das relações dos países europeus que já ansiavam e se preparavam para uma guerra.

É importante salientar que a Primeira Guerra Mundial foi dividida em três fases com a intenção de facilitar o estudo desta temática:

  1. Guerra de Movimento (1914)
  2. Guerra de Posição ou de Trincheiras (1915 a 1917)
  3. Segunda Guerra de Movimento/Fase Final (1918)

Guerra de Movimento

No início da guerra, em 1914, a principal estratégia adotada foi a que consistia na movimentação das tropas com o objetivo de conquistar posições no fronte.

Fases da Primeira Guerra Mundial

Os alemães se movimentaram com muita rapidez a ponto de em poucas semanas se fixarem próximos a Paris, a menos de 50 km.

Ao mesmo tempo, o general francês Joffre organiza o exército do país e consegue impedir que o avanço alemão se estenda à capital francesa, na Batalha do Marne.

A estratégia adotada pelos países europeus era a mesma utilizada no século XIX que consistia em um ataque da carga de cavalaria, seguida pela infantaria. Entretanto, tal estratégia não foi eficiente, pois o uso de metralhadoras impedia tal movimentação.

Com isso, as trincheiras passaram a ser um mecanismo largamente adotado pelas nações envolvidas no conflito.

Guerra de Trincheiras

A Guerra de Trincheiras é considerada a segunda fase da Primeira Guerra Mundial. Impedidos de invadir a defesa inimiga, os combatentes se concentraram em manter as posições conquistadas.

Fases da Primeira Guerra Mundial

Com isso, cavaram trincheiras ao longo de toda a frente de combate. Tal estratégia defensiva, foi inicialmente adotada somente pelos alemães. Contudo, rapidamente, os outros países também a utilizaram.

As trincheiras eram túneis que tinham como objetivo defender e abrigar os soldados, pois eram nesses locais que eles lutavam, dormiam e comiam protegidos dos tiros.

No entanto, eles não estavam completamente seguros, pois ainda podiam ser atingidos por armas químicas, projéteis de artilharia ou sofrerem ataques aéreos.

Além disso, a insalubridade do ambiente era um fator que agravava a proliferação de doenças. Os soldados que se fixavam nas trincheiras eram trocados a cada 15 dias pelos da retaguarda.

Visando proteger as trincheiras, eram colocadas estacas e arame farpado. Poucos metros separavam as trincheiras criadas pelos países inimigos, por isso, o terreno era bastante acidentado.

Diversos soldados morreram presos nas cercas de arame, atingidos por tiros de canhões ou por metralhadoras.

Já os que ficavam feridos, eram resgatados somente no período da noite e, ainda assim, era uma ação bastante perigosa.

Esta é considerada a fase mais sangrenta da Primeira Guerra Mundial, pois as batalhas chegavam a durar meses.

Esta estratégia se mostrou útil até o surgimento dos tanques de guerra, veículos capazes de aniquilar as trincheiras.

Um ano bastante expressivo para o conflito foi 1917, quando os russos se retiraram da guerra em razão da Revolução Russa. Além disso, este ano marcou a entrada dos Estados Unidos, alinhado aos países Aliados.

Segunda Guerra de Movimento

Com o auxílio dos norte-americanos, as potências Aliadas voltam a se destacar no conflito. No entanto, ainda assim as tropas enfrentavam batalhas sangrentas que resultavam em milhares de mortes.

A Segunda Batalha do Marne talvez tenha sido a batalha mais expressiva, pois marcou a expulsão dos alemães da França.

Fases da Primeira Guerra Mundial
Segunda Batalha do Marne

Sem contar com o apoio da população e dos oficiais, o Kaiser Wilhelm II teve que abrir mão do conflito e se render.

Em 11 de novembro de 1918 se encerra a Primeira Guerra Mundial. O dia 28 de junho de 1919 foi marcado pela assinatura do Tratado de Versalhes, um tratado de paz que encerrou oficialmente a Primeira Guerra Mundial.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More