O que foi a corrida armamentista?

A corrida armamentista marcou o período que antecedeu a Primeira Guerra Mundial.

0

A corrida armamentista se caracterizou pelo armamento desenfreado das potências europeias que passaram a fabricar munição e armas bélicas em quantidades cada vez maiores. Além disso, tais nações adotaram o serviço militar obrigatório.

O que foi a corrida armamentista – Resumo

O período vivido pela Europa entre os anos de 1871 e 1914 recebeu a denominação de Belle Époque (Bela Época), devido à relativa paz e estabilidade vivida pelo continente. Desde a Guerra Franco-Prussiana e a Comuna de Paris não havia conflitos de grandes proporções.

A burguesia vivia uma fase otimista impulsionada pela Revolução Científica e Tecnológica do século XIX.O telefone, o telégrafo em fio, o avião, o automóvel, entre outras inovações, reafirmaram o pensamento burguês de estabilidade e progresso.

O clima interno dos países – de euforia e paz – não resvalava ao plano externo, que vivia um período de tensão entre as principais potências europeias. Elas disputavam:

  • Mercados consumidores
  • Fontes de matérias-primas
  • Domínios coloniais (Ásia e África)
  • Fontes de energia

Com isso, o período de paz viu a proliferação de alianças militares entres os países europeus. Em 1882, é criada a Tríplice Aliança integrada pela Alemanha, Itália e Áustria-Hungria.

Entre 1893 e 1907, a França, Grã-Bretanha e Rússia formam a Tríplice Entente, visando deter o avanço alemão.

Assim, o desenvolvimento científico e tecnológico que contribuiu para tornar a vida burguesa mais confortável, viabilizou o desenvolvimento da indústria bélica custeada pelas potências europeias que visavam proteger seus domínios coloniais e manter seus mercados consumidores.

Esse momento de aparente paz vivida pela Europa foi marcado pelo armamento das potências que já vislumbravam a guerra. Por isso, firmaram acordos militares e iniciaram uma corrida armamentista.

O desenvolvimento da indústria de guerra, caracterizado pela alta produção de armamentos cada vez mais eficientes e destrutivos, ocorreu graças a um massivo investimento estatal e privado.

Em 1914, a Grã-Bretanha liderava a corrida naval e os mares. Já a Alemanha, que possuía o Exército mais poderoso do mundo, passou a investir na indústria naval.

Os anos que antecederam a Primeira Guerra Mundial foram marcados pelo desenvolvimento dos transportes e dos meios de comunicação, além do investimento no serviço militar e na produção bélica.

O clima de tensão e o expressivo aumento dos armamentos produzidos no continente europeu fez com que esse período passasse a ser chamado de Paz Armada.

A economia e os governos das principais potências europeias já se preparavam para um conflito de grandes proporções.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.