Você sabe quem descobriu a América?

Há divergência de opiniões sobre quem descobriu a América. Descubra o porquê dessa divergência e saiba quem descobriu a América.

0

Antes do século XVI, quando as regiões do mundo ainda eram desconhecidas uma para as outras e não havia mapa-múndi para saber onde cada país e região ficava, os mais curiosos saiam a caminho do oceano para tentar fazer novas descobertas

Assim, nesse meio de descobertas, a América foi encontrada, descoberta esta que é popularmente atribuída a Cristóvão Colombo.

Como Colombo descobriu a América

Expansão Marítima

Com a expansão marítima, era de grande interesse europeu a descoberta de novos locais para colonizar e a extrair riquezas naturais, já com a importância do comércio.

Além disso, as novas rotas comerciais para a índia, famosa naquele tempo por suas especiarias e ponto de comércio, eram o maior interesse na época. 

A história relata que foi nessa busca que houve o descobrimento das Américas, mais especificamente em 12 de outubro de 1492. Aconteceu quando a armada de Cristóvão Colombo, desembarcou em uma ilha chamada pelos índios de Ilha de Guanahaní, pensando que havia desembarcado nas índias. 

Colombo batizou essa ilha como San Salvador (Bahamas). 

Quem foi Cristóvão Colombo

Cristóvão Colombo

Cristóvão Colombo foi um navegador e explorador nascido me Gênova, província italiana, no ano de 1451. Era pertencente a uma família rica de artesãos.

Desde os 10 anos Colombo já se interessava pela navegação, época esta em que teve sua primeira experiência no mar.

No ano de 1476, quando tinha 25 anos, Colombo sofreu um naufrágio na região ao sul de Portugal, quando estava no interior de uma caravela comercial. Porém, esse acidente não foi o suficiente para lhe tirar dos mares.

Assim, foi em busca de apoio, porém, as coroas portuguesa e espanhola lhe negaram suporte para se aventurar nos mares.

Em 1942, Colombo conseguiu apoio dos reis Católicos de Aragão e Castela. Com isso, pode navegar e explorar regiões desconhecidas e em decorrência disso pode “descobrir” a América.

Entretanto, mesmo após desembarcar na América e conhecer a região, Colombo não realizou que a terra que havia desembarcado se tratava de um novo continente.

Foi Américo Vespúcio, que fez viagens nessa mesma época para esse “Novo Mundo”, que descobriu que ali se tratava de um continente diferente, após fazer viagens pelo litoral.

Após o Brasil ser “descoberto”, em 1500, Américo faz diversas viagens a essas terras e, junto a outros navegadores, explorou as Antilhas e o litoral Atlântico ao sul, em busca de novas terras.

Em 1508, eles descobrem a Península Yucatán, no México, e, em 1512, desembarcam na Flórida e ao Delta do Mississipi, nos Estados Unidos.

Com todas as descobertas, os navegadores concluem que se tratava definitivamente de um novo continente.

Assim, os cartógrafos que tentavam montar um mapa para o novo continente, colocaram nome de América, em homenagem a Américo Vespúcio.

O chamado “descobrimento”, não representa o surgimento de um “novo mundo’, pois já havia povos habitantes do local, os denominados povos ameríndios, mas esse termo é o mais utilizado.

A chegada dos vikings à América no século X

Há contestações de que foram os vikings que descobriram a América e, a partir do seculo 19, estudiosos passaram a afirmar que os vikings chegaram nas Américas antes mesmo de Cristóvão Colombo.

Essas afirmações se dão pela existência de um sítio arqueológico, com vestígios de presença viking em L’Anse aux Meadowa, na ilha de Terra Nova. Esses vestígios datam de por volta do século 10, muito antes da chegada de Colombo.

Além disso, em 2010, cientistas europeus encontraram um gene típico de navios norte americanos no DNA de descendentes de uma única mulher, representando um total de 350 islandeses.

Assim, as evidências comprovam que os vikings foram os primeiros estrangeiros a pisas em terras das Américas.

Conheça também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.