Revolução Neolítica

A mais importante revolução da história humana durou milênios e aconteceu independentemente em várias sociedades do globo.


O início da época geológica do holoceno (12,5 mil anos atrás), marcado pelo fim da última Era Glacial, criou as condições necessárias para que uma grande transformação acontecesse: a Revolução Neolítica.

Desde seu surgimento, há cerca de 200 mil anos, e por toda sua história, os Homo sapiens foi um animal caçador-coletor, que se deslocava constantemente em função do alimento e das condições climáticas.

No Crescente Fértil (11.000 a.C.), nas bacias do Yangtze e do Rio Amarelo (9.000 a.C.), nas Terras Altas da Nova Guiné (9.000—6.000 a.C.), no México Central (5.000—4.000 a.C.), no Norte da América do Sul (5.000—4.000 a.C.), na África subsaariana (5.000—4.000 a.C.) e na América do Norte Oriental (4.000—3.000 a.C.) o homem aprendeu a cultivar a terra.

Com instrumentos de pedra e osso, os povos domesticaram animais e plantas, transformando os pequenos grupos nômades em vilarejos sedentários.

Essas sociedades transformaram o meio onde viviam através da irrigação, cultivo de alimentos, desmatamento, barragens, edificações para armazenamento, e outras tecnologias que permitiram a produção de alimentos excedentes.

As implicações desse fato são imensas. A explosão populacional e a sedentarização possibilitaram que indivíduos se especializassem em uma função, permitindo assim o surgimento de castas e da divisão social do trabalho, que futuramente resultariam no surgimento do comércio, arte, política centralizada, escrita, propriedade privada, e outros.

A Revolução Neolítica não transformou apenas a sociedade, mas a própria natureza.

Animais como o cachorro doméstico é fruto da seleção humana – uma pressão de seleção sexual artificial que reforçou ao longo dos anos traços que desejamos – de tal forma que os cães modernos pouco têm a ver com os lobos dos quais derivam.

Da mesma forma, a forma silvestre do trigo, arroz, milho, mandioca, frutas e outros vegetais são quase irreconhecíveis para humano moderno.

O Neolítico cimentou as bases para as idades subsequentes. Jericó, o primeiro assentamento humano, foi também onde, em 5.500 a.C., se iniciou a Idade do Bronze.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More