Aspectos gerais da África

O continente africano é o mais pobre do mundo, com baixo IDH. Ainda assim, a África é rica em recursos naturais, pluralidade de idiomas e culturas.

0

Quando nos referimos à África, as pessoas geralmente acham que se trata de um país, não é mesmo? Na verdade, a África é um dos cinco grandes continentes do planeta Terra: o continente africano.

Considerado o terceiro maior continente em extensão territorial, com aproximadamente 30 milhões de km², ele ocupa cerca de 20,3% da área abrangente do planeta.

Apesar do território possuir inúmeras riquezas naturais e uma pluralidade cultural, com diversidade de etnias, idiomas e religiões, a África é considerada o continente mais pobre do mundo.

Leia abaixo um pouco mais sobre os aspectos gerais da África.

História e colonização da África

A história da colonização da África está remota a era quaternária ou fim da era terciária, e é levado em consideração que o ser humano tenha sido originado no continente africano.

Entre as regiões mais antigas de ocupação dos seres humanos, o norte da África se destaca, já que os fósseis de hominídeos ali localizados datam de aproximadamente cinco milhões de anos.

A nomenclatura “África” pode estar associada com os fenícios como afar, que designa “poeira”. No entanto, uma teoria de 1981 afirma que o termo esteja atrelado a palavra de berbere, ifri, que significa “caverna”, local onde esses povos habitavam.

O Egito possui o primeiro Estado a ser parte constituinte da África, com data aproximada de 5000 anos. Após ele, ao passo em que os europeus almejavam conquistar novos caminhos para as Índias, iam adentrando o continente africano.

Grandes civilizações fizeram parte do continente, como as de Askum, durante o século XIII, na Etiópia, e a de Gana, dos séculos V ao XI. Além delas, importantes estados muçulmanos, como os de Mali (séculos XIII a XV), Songhai (séculos XV ao XVI), reino Abomey de Benin (século XVII) e a confederação zulu do sudeste africano (século XIX).

Colonização europeia

A colonização europeia ocorreu o litoral do Oeste da África no século XV e, a partir do século XIX, destinaram-se a colonização do interior.

Os portugueses dominaram os países da Angola, Guiné, Moçambique e ilhas estratégicas, como é o caso de São Tomé e Príncipe. Em conjunto com outros países, Portugal levou cerca de onze milhões de habitantes africanos para as suas colônias para serem escravizados.

Durante a Conferência de Berlim, no século XIX, foi oficializada a progressão imperialista sobre o continente europeu.

A França colonizou o noroeste da África, em Madagascar e no equador africano. Parte do norte ao sul, do Egito à África do Sul, foi ocupada pelo Reino Unido, assim como demais zonas que colonizou no golfo da Guiné.

A Itália avançou para a ocupação da Etiópia, Líbia e Somália, enquanto a Espanha deteve parte do Marrocos, hoje Saara Ocidental e enclaves na Guiné.

A Alemanha, em número inferior, dominou o Togo, Tanganica e Camarões. Já a Bélgica, o Congo Belga e Ruanda.

No entanto, as colônias africanas declaram a independência após a Segunda Guerra Mundial, no período compreendido entre 1960 e 1975. Depois disso, existiram inúmeras revoltas separatistas e golpes de Estado, tendo como consequência regimes ditatoriais.

Países da África

A África é limítrofe aos mares Mediterrâneo e Vermelho, ao norte; ao Mar Antártico, ao sul; ao Oceano Atlântico, na costa ocidental; e ao Oceano Índico, no lado oriental.

O continente africano é formado por 54 países, organizados em cinco regiões, divididas conforme as suas características geográficas, políticas, econômicas ou sociais. Além disso, a África possui alguns territórios não reconhecidos.

Mapa da África
Mapa do continente africano.

África do Sul, Angola, Cabo Verde, Camarões, Egito, Moçambique e República Democrática do Congo são alguns dos países mais conhecidos.

Confira um mapa das cinco as regiões do continente africano:

  1. África Setentrional
  2. África Ocidental
  3. África Central
  4. África Oriental
  5. África Meridional
Regiões da África
Regiões do continente africano.

Norte da África ou África Setentrional

São sete os países que constituem a região elencada como Norte da África ou África Setentrional, sendo eles:

  1. Argélia
  2. Egito
  3. Líbia
  4. Marrocos
  5. Sudão
  6. Sudão do Sul
  7. Tunísia
Mapa da África do Norte
Países do Norte da África ou África Setentrional.

No local está situado o Saara, maior deserto do mundo, com cerca de 9 milhões de km² de extensão.

África Subsaariana

A África Subsaariana é formadas pelas nações do continente africano situadas na região sul do Deserto do Saara.

O local é caracterizado como uma das regiões mais pobres do planeta, com elevados índices de analfabetismo e mortalidade infantil, além da baixa expectativa de vida.

Mapa da África Subsaariana
Países da África Subsaariana.

Veja os 48 países que formam a África Subsaariana:

1. África do Sul
2. Angola
3. Benin
4. Botsuana
5. Burkina Fasso
6. Burundi
7. Camarões
8. Cabo Verde
9. Chade
10. Congo
11. Costa do Marfim
12. Djibuti
13. Guiné Equatorial
14. Eritreia
15. Etiópia
16. Gabão
17. Gâmbia
18. Gana
19. Guiné
20. Guiné-Bissau
21. Ilhas Comores
22. Lesoto
23. Libéria
24. Madagáscar

25. Malauí
26. Mali
27. Mauritânia
28. Maurício
29. Moçambique
30. Namíbia
31. Níger
32. Nigéria
33. Quênia
34. República Centro-Africana
35. Ruanda
36. República Democrática do Congo
37. São Tomé e Príncipe
38. Senegal
39. Seychelles
40. Serra Leoa
41. Somália
42. Sudão
43. Suazilândia
44. Tanzânia
45. Togo
46. Uganda
47. Zâmbia
48. Zimbábue

Geologia da África

A geologia do continente africano é bem remota, o que justifica as baixas altitudes. Porém, há várias montanhas no leste da África, como é o caso da Cadeia (ou Cordilheira) do Atlas e Kilimanjaro.

Monte Kilimanjaro, na Tanzânia.

A África está situada em apenas uma placa tectônica, a placa africana. Ademais, é constituída por planaltos e planícies costeiras, que podem ter uma proporção muito grande, como as planícies do Níger.

Relevo da África

Mapa físico da África
Relevo do continente africano.

Quanto ao relevo da África, ela possui, ao longo de seu território, planaltos com cerca de 750 metros de altitude limitados por escarpas.

Na região setentrional, a do Deserto do Saara, está presente o planalto setentrional, onde o Rio Nilo é percorrido. Na região meridional localiza-se a cadeia do Cabo, com altitude superior a 3400 metros. Por fim, na região leste estão as grandes montanhas, sendo exemplo delas o Monte Quênia.

Clima da África

O clima da África é misto. Em síntese, podem ser encontradas regiões com predomínio do clima equatorial, tropical, mediterrâneo e desértico.

  • Clima equatorial: Quente e úmido ao longo de todo o ano, está situado na região centro-oeste;
  • Clima tropical: Quente com invernos secos, localiza-se nas regiões central e sul;
  • Clima mediterrâneo: Manifesta-se em pequenas partes da ponta norte e do extremo sul;
  • Clima desértico: Disposto na região setentrional, onde as chuvas são raras.

Fauna e flora da África

Fauna da África
Girafas na savana africana; fauna e flora da África.

A fauna da África é abrangente, onde há os maiores animais do planeta. Nas savanas e estepes habitam os antílopes, elefantes, girafas, leões, leopardos e zebras, já na floresta equatorial estão presentes uma pluralidade de aves e macacos.

Quanto a flora da África, por conta da precipitação, a principal vegetação da região é a Floresta Equatorial, e na sua parte norte e sul estão as savanas. Já na África do Sul e no Mediterrâneo encontra-se a vegetação mediterrânea.

Ilhas da África

Dos 54 países independentes da África, 6 deles são países insulares. Os países insulares são territórios independentes que não apresentam fronteiras terrestres, ou seja, são constituídos por uma ou mais ilhas.

Há seis ilhas na África, sendo elas:

  1. Ilhas de Cabo Verde
  2. Ilha de Comores
  3. Ilhas de Madagascar
  4. Ilhas Maurício
  5. Ilhas de São Tomé e Príncipe
  6. Ilhas Seychelles
Ilha de São Tomé e Príncipe
Ilhas de São Tomé e Príncipe.

População da África

População da África

O continente africano é o segundo mais populoso do planeta Terra, com aproximadamente um bilhão de habitantes e a densidade demográfica de 30 habitantes por quilômetro quadrado.

No entanto, há uma desproporção habitacional. Enquanto no vale do Nilo a densidade demográfica é de 500 habitantes/km², as florestas e desertos quase não possuem habitantes.

Grande parte da população da África está concentrada nas zonas rurais. Alguns países são exceções e possuem a população urbana superior à rural, como é o caso da Argélia e da Líbia.

Há uma densa diversidade cultural na África, com pluralidade de etnias, línguas, tradições e religiões.

No entanto, o território apresenta muitos problemas sociais. Um grande número de países africanos possuem baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), com a população vivendo em situação de baixa qualidade de vida, miséria e fome.

Além disso, as taxas de natalidade e mortalidade são elevadas, em desproporção a expectativa de vida, que é baixa.

Idiomas da África

A pluralidade de idiomas da África é impressionante! A África possui 2092 línguas faladas, valor comparativo a 30% de todos os idiomas do planeta Terra.

Além de pouco mais de duas mil línguas, os africanos falam mais de oito mil dialetos. Ademais as línguas de origem africana, os idiomas trazidos pelos colonizadores ainda se fazem presente entre os povos, tais como o árabe, o espanhol, o francês, o inglês e o português.

De modo geral, as línguas africanas são reunidas em quatro famílias:

  1. A família afro-asiática
  2. Niegro-Kordofiana
  3. Nilo-Saariana
  4. Povos não negroides – pigmeus e do grupo Khoisan (khoi-Khoi e san, popularmente conhecidos como bosquímanos e hotentotes).

Segundo pesquisas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), não há estados que falem apenas uma língua na África. Em alguns casos, fala-se duas ou três e em outras mais de quatrocentas, como é o exemplo da Nigéria.

Em alguns países, como nas Ilhas Seychelles, o idioma do colonizador francês mesclou-se ao idioma local criando um outro: o crioulo.

O português é falado em cinco países: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe. Há pouco tempo Guiné Equatorial também incorporou o idioma.

Economia da África

Ainda que sendo considerado o continente mais carente do mundo, a economia da África se baseia em suas riquezas naturais, tais como ouro, diamantes, petróleo, gás e minérios.

Desse modo, a agricultura e o extrativismo são as principais atividades no continente. Elas são executadas com tecnologias reduzidas e, portanto, nocivas ao meio ambiente.

Outras atividades também são fonte de renda para o povo africano, como a caça, a coleta de produtos naturais e a pesca. Além desses, há o comércio de couros e peles, especiarias, marfim, madeiras, óleo de palmeira e resinas.

Ademais, no século XXI, em decorrência da elevação no preço dos produtos primários, a economia africana apresentou um grande crescimento, com o aumento de 9% no período compreendido entre 2004 a 2015.

Religião da África

Entre a pluralidade de religiões na África, destacam o Cristianismo, o Islamismo e as religiões tradicionais africanas.

De certo modo, pode-se fracionar o norte da África com o predomínio do Islamismo e na África subsaariana com o Cristianismo como religião predominante. Inclusive, na Etiópia estão situadas as igrejas cristãs mais antigas da África.

Igreja Ortodoxa Etíope
Igreja Ortodoxa Etíope.

Além das religiões já citadas, o protestantismo faz parte da crença dos africanos, ao passo em que foi propagado por conta da colonização alemã, inglesa e holandesa.

Já as religiões animistas africanas permanecem sendo cultuadas nas tribos, assim como aos que mudam para as zonas urbanas.

Curiosidades sobre a África

  • As viagens para a África são muito procuradas como opção para safaris.
  • A Região de Nieuwoudtville tem a maior diversidade de flores do continente.
  • Milhares de lobos-marinhos habitam uma ilha na região sul da África, mas o acesso de pessoas no local é proibido.
  • O Rio Nilo é tido como o maior rio do mundo.
  • Do total de 30 países mais pobres do mundo, 21 deles são do continente africano.
  • Os países com maior Produto Interno Bruto (PIB) da África são a Angola e a África do Sul.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.