Vitamina K

Vitamina lipossolúvel encontrada em alimentos de origem vegetal, produzida em pela flora intestinal ou sintetizada em laboratório, dependendo do tipo.

0

Os seres vivos são formados por compostos orgânicos e inorgânicos. Entre os compostos orgânicos estão as vitaminas.

Elas podem ser de 13 tipos diferentes, classificados em hidrossolúveis e lipossolúveis.

Elas são adquiridas principalmente através da alimentação com uma dieta equilibrada e/ou suplementação através de cápsulas sintéticas.

Para que serve a vitamina k?

Ela é uma vitamina que só podem ser solubilizada em lipídeos, ou seja, ela é lipossolúvel e, portanto, insolúvel em água, que pode ser subdividida em K1, K2 e K3.

As vitaminas lipossolúveis são absorvidas no trato intestinal com a ajuda de moléculas de lipídeos da bile e do suco pancreático, só então elas são transportadas pelo corpo através do sistema linfático para os tecidos onde serão utilizadas e/ou armazenadas.

Por serem menos solúveis, elas são mais facilmente armazenadas pelo organismo, e por esse motivo são mais propensas a causarem hipervitaminose e precisam ser repostas com frequência.

A vitamina K é essencial para produção de protrombina, uma proteína plasmática sintetizada no fígado que é indispensável para a coagulação sanguínea.

Falta de vitamina K

O déficit de vitamina K é difícil de ocorrer, mas quando acontece ele pode causar problemas graves para a saúde humana, como a diástase hemorrágica, pela falta de coagulação.

Alimentos ricos em vitamina K

  • Vitamina K1 é encontrada em alimentos de origem vegetal como espinafre e também na gema de ovo.
  • Vitamina k2 é produzida pela nossa flora intestinal.
  • Vitamina k3 é produzida em laboratório, consumida em cápsulas sintéticas que são bem absorvidas pelo organismo.

Veja também:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.