Aves ratitas

Saiba mais sobre esse tipo de ave com características tão singulares.

Aves são uma classe de animais vertebrados que se desenvolveram durante o Mesozoico por meio de uma linhagem de dinossauros. Com a evolução das aves, houve uma grande diversificação das características, como bico, ossos ocos e penas.

São conhecidas cerca de 10 mil espécies de aves pelo mundo, tendo maior biodiversidade em regiões tropicais. Confira a seguir o que são aves ratitas, veja exemplos e entenda como ocorre sua reprodução e alimentação.

O que são aves ratitas?

Avestruz
Avestruz

As aves ratitas são aves com características singulares dentro do Reino Animalia. Elas possuem esterno achatado, pernas longas, pescoço compridos, gigantismo e penas pouco desenvolvidas.

Exemplos de ave ratitas são encontrados em diferentes locais no mundo. No Brasil e na América do Sul, em geral, são encontradas emas ou rheas americanas. Já avestruzes ocorrem no continente africano e kiwis são vistos na Nova Zelândia. Os emus e casuares são identificados na Austrália, sendo o último encontrado, também, na Nova Guiné.

Características das aves ratitas

As características das aves ratitas são únicas, como a incapacidade de voar. Suas peles não possuem glândulas, exceto a uropigiana, responsável por impermeabilizar as penas.

O sistema digestivo da ave é composto por bico, sem dentes; papo, local de armazenamento do alimento; moela, onde ficam as pedras ingeridas; e cloaca, também usada na reprodução.

Reprodução das aves ratitas

Kiwi
Kiwi

As aves ratitas são nidífugas, ou seja, os filhotes nascem bem desenvolvidos e capazes de se dispersar do ninho rapidamente. O avestruz fêmea bota seus ovos no chão e em ninhos comunitários, chocando por revezamento com os machos. O ovo dessa ave é o maior na atualidade.

Contudo, o kiwi é o detentor do maior ovo em comparação com seu tamanho, apesar de ser o menor das aves ratitas. Monogâmico, choca um único ovo por período reprodutivo.

Os machos das emas, encontradas na América do Sul, são os responsáveis pela incubação e cuidado com os filhotes. Isso também ocorre entre os emus, da Austrália, que podem ficar dias sem se alimentar para cuidar dos filhos.

No continente africano, o macho casuar prepara o ninho enquanto a fêmea bota seus ovos e procura novos ninhos. Dessa forma, o macho é o cuidador dos filhotes.

Alimentação das aves ratitas

A alimentação das aves ratitas é composta por frutos, folhas, invertebrados e até pequenos vertebrados. No caso do kiwi, a ave consome apenas invertebrados.

Diferenças entre aves ratitas e carinatas

Rhea
Rhea

Alguns estudiosos diferenciam as aves em duas classificações: as carinatas e as ratitas. O primeiro tipo é caracterizado pela capacidade de voo, sendo que a última é mais adequada para a corrida.

Como o voo é uma habilidade desenvolvida morfologicamente, a ave carinata possui as asas apropriadas, cerebelo desenvolvido, esterno em forma de quilha, ossos com cavidade para ar e sacos aéreos. Além disso, não possuem bexiga e excretam ácido úrico com as fezes. O olfato também é pouco apurado na maioria das espécies.

Já a ave ratita possui penas pouco desenvolvidas e corpo robusto. Como citado anteriormente, o esterno é achatado, o que também impossibilita o voo.

Leia também:

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More