Corrida espacial

A corrida espacial consistiu em uma competição tecnológica entre os EUA e a URSS durante o período da Guerra Fria. Ambos os países visavam a conquista do espaço.

0

A corrida espacial ocorreu entre 1957 a 1975. Consistiu em uma competição tecnológica entre as duas potências da época: Estados Unidos (capitalismo) e União Soviética (socialismo).

O intuito desses países era explorar o espaço que se tornou um dos principais cenários das disputas entre os dois blocos. Almejavam mostrar ao mundo a superioridade dos modelos econômicos adotados por eles, por meio de investimentos tecnológicos.

Contexto histórico

Após a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos e a União Soviética começaram a disputar por poder e influência político-econômica no mundo. Enfrentaram-se em territórios periféricos de forma indireta, por exemplo, financiando e incentivando conflitos nos países do continente africano.

Por isso, é importante salientar que esse período promoveu diversas mortes e destruições em alguns países da África.

Os Estados Unidos e a União Soviética nunca se confrontaram diretamente por conflito armado. Concentraram-se em duelar no campo da cultura, dos esportes, política, economia e tecnologia. Nesse sentido, a fase que compreendeu esse período (1947-1991) ficou conhecido como Guerra Fria.

A corrida espacial foi uma das frentes que mais gastaram a energia dos países em questão. Eles focaram no desenvolvimento e investimento de veículos resistentes o bastante a ponto de sobrevoarem a órbita terrestre ou até mesmo ir além dela.

Guerra Fria

A Guerra Fria foi uma disputa ideológica entre o capitalismo e socialismo, representados pelos Estados Unidos e União Soviética. Esses países competiam pela liderança mundial e nunca se enfrentaram diretamente em um conflito.

Após a Segunda Guerra Mundial, a Europa foi dividida em duas partes:

Europa Oriental

A Europa Oriental era comandada pelos soviéticos. Compreendia os seguintes países:

  • Albânia
  • Polônia
  • Hungria
  • Bulgária
  • Romênia
  • Checoslováquia

A Iugoslávia vivia sob o regime socialista, mas independente da URSS.

Europa Ocidental

E Europa Ocidental era comandada pelos norte-americanos. As democracias liberais comandavam essa região, menos Portugal e Espanha que viviam sob regimes ditatoriais.

Tanto os Estados Unidos quanto a União Soviética ansiavam aumentar sua influência no mundo interferindo nos assuntos internos dos países.

A influência socialista crescia em alguns países europeus devido ao desemprego e à crise gerada pela Segunda Guerra. Com isso, os EUA criam o Plano Marshall, que visava ajudar economicamente os países da Europa Ocidental afetados pela guerra.

Em resposta à ação norte-americana, a URSS cria o Kominform, que se encarregava de unir os principais partidos de esquerda da Europa, facilitando a influência soviética no mundo.

Tanto o Plano Marshall como o Kominform foram criados em 1947. Nesse ano, o então presidente dos EUA, Harry Truman pronuncia um discurso no Congresso dizendo que o país estava a favor das nações livres que não almejavam a dominação comunista.

Em 1949 a União Soviética cria o Comecon, muito parecido com o plano criado pelos norte-americanos. Era um conselho que pretendia integrar a economia dos países do Leste Europeu, ao mesmo tempo em que impedia o avanço do Plano Marshall nesses países.

Acontecimentos

As duas superpotências buscavam mostrar ao mundo o seu poder e influência tanto política quanto econômica. Uma das ações desses países foi a criação de programas espaciais.

Programa espacial soviético

Eles foram os primeiros a mandarem satélites ao espaço. O Sputnik I foi lançado em 4 de outubro de 1957. Utilizaram animais para fazer testes e analisar a possibilidade de mandar seres humanos ao espaço. Por isso, a cachorra Laika foi lançada em 1957.

O cosmonauta soviético Yuri Gagarin (1934-1968), em 12 abril de 1961, se tornou o primeiro homem a viajar pelo espaço a bordo da nave Vostok I. Gagarin pronunciou a célebre frase: “A Terra é azul”.

Em 16 de junho de 1963, a URSS manda a primeira mulher ao espaço, Valentina Vladimirovna Tereshkova, na nave Vostok 6.

Em 1965 outro cosmonauta soviético, Aleksei Leonov, realizou o primeiro passeio no espaço que durou cerca de 15 minutos.

Até então, a União Soviética liderava a corrida espacial.

Programa espacial norte-americano

Em 31 de janeiro de 1958 os Estados Unidos lançam o satélite Explorer I, como forma de reação ao satélite russo Sputnik. O Explorer I ficou ativo mandando informações sobre meteoritos no espaço até maio de 1958.

Os EUA ultrapassa a URSS ao mandar o homem para a Lua. A primeira alunissagem foi em 20 de julho de 1969, quando Neil Armstrong (1930-2012) pisa pela primeira vez em solo lunar.

Junto com Armstrong, estava Buzz Aldrin um dos pilotos da Apollo 11 (a nave que transportou os astronautas) e se tornou o segundo homem a pisar na Lua. Além dos dois astronautas, estava Michael Collins, também piloto da aeronave.

Durante a década de 1980 a corrida espacial foi menos intensa pois os pesados investimentos diminuíram devido a falta de resultados práticos e por problemas econômicos enfrentados pelos dois países.

Corrida armamentista

A corrida armamentista compreendeu no esforço de governos na construção de instrumentos bélicos de alta qualidade em um curto espaço de tempo.

No fim do século XIX, a França e a Rússia buscaram desafiar a superioridade naval britânica, assim, ocorreu a primeira corrida armamentista contemporânea.

A Primeira Guerra Mundial ocorreu devido a tentativa alemã de superar a soberania da Grã-Bretanha.

Dessa maneira, a disputa por poder no espaço protagonizada pelos Estados Unidos e União Soviética recebeu o nome de “corrida espacial”, como uma forma de referenciar e diferenciá-la da “corrida armamentista”.

Durante o período da Guerra Fria houve uma corrida armamentista entre as duas grandes potências, entretanto, ela se diferenciou da corrida espacial. A primeira focava no investimento e produção de armas, já a segunda se concentrava no desenvolvimento tecnológico espacial.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.